[Animes] Impressões de Kakushigoto

 

Finalmente resolvi parar e assistir algum anime da temporada de Abril, muitos títulos me chamaram a atenção, mas Kakushigoto teve algo especial que me tocou. Sua estreia ocorreu 2 de abril, mas desde 2015 que os mangás sobre a história são publicados. Confesso que amo histórias sobre o cotidiano (Slice of Life) e quando isso se mistura com a comédia então, aí que se torna a melhor coisa do mundo. Sem falar que nunca tinha visto um anime com a temática Pai e Filha, o que me chamou a atenção demais. Coloquei pra assistir e não consegui parar é fissurante!


A história consiste em um pai, Kakushi Goto, que é Mangaká, até aí nenhum problema, se não fosse o fato de suas histórias serem pervertidas. Isso faz com que ele esconda a todo custo sua profissão de Hime, sua filha, temendo sua reação e afastamento caso soubesse como o pai ganha a vida. Obviamente, que esconder esse segredo vai gerar muitas confusões que envolvem desde a professora de Hime até os colegas de trabalho de Goto.

Kakushigoto me surpreendeu, estava na expectativa de encontrar algo raso, somente para descontrair dessa quarentena horrível. Realmente dei profundas gargalhadas, é de fato um anime muito engraçado e bem articulado visualmente. Porém não encontrei apenas isso. A história tem uma crescente, você acompanha o crescimento de Hime, como a ausência da sua mãe interfere na vida da sua família e que pequenos detalhes a deixa viva na memória deles, é muito sentimental e delicado.

Outra surpresa acontece logo no primeiro capítulo, na primeira cena, você encontra uma Hime com 18 anos à caminho de descobrir a profissão do pai sendo um presente de aniversário e o que é mais estranho é que ela está desacompanhada de Kakushi. Onde está o pai de Hime? O que aconteceu com ele? Essas respostas só vão ser respondidas no final, enquanto isso nossa mente gira em diversas probabilidades.

Kakushigoto conta com 12 episódios publicados nos sites brasileiros, não é difícil de encontrar a obra completa. A história nos dá uma pitada de drama e profundidade, que giram em torno das questões que levantei acima e claro, muitas trapalhadas do pai tentando esconder seu grande segredo de sua filha, além de um senhor misterioso que se envolve muito pouco no anime, mas que demonstra ter algum parentesco com a menina.

Nessa narrativa somos agraciados com muito amor, carinho e cuidado, que permeiam essa relação e aquecem gradativamente nossos coraçõezinhos. Kakushigoto me cativou, seu final foi o esperado para um anime de curta temporada, é perfeito para passar o tempo e descontrair um pouco. Deixo pra vocês essa recomendação para a quarentena, espero que se divirtam e se sintam tocados com esse anime.

Bom anime pra vocês <3

 Larissa Costa


My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes