[Notícias]: Elenco do musical 'Naked Boys Singing! Brasil' participa da Parada LGBTQIA+ de Londres



A convite do produtor inglês Peter Bull, o elenco da nova montagem brasileira do espetáculo 'Naked Boys Singing!' participou da Parada LGBTQIA+ de Londres, que esse ano ocorreu de forma online, devido ao período mundial de pandemia do Corona Vírus.

´Naked Boys Singing!´ é uma comédia musical de sucesso off-Broadway, que em breve estreia sua segunda montagem brasileira, dessa vez dirigida por Rodrigo Alfer. O musical, que em sua tradução literal quer dizer ‘Rapazes Pelados que Cantam!’, é uma revista musical, escrito por Robert Schrock, que apresenta nove atores que cantam e dançam nus no palco.

A Parada LGBTQIA+ de Londres aconteceu de forma online e pode ser conferida através do YouTube. O evento reuniu apresentações de artistas, cantores, comediantes, DJs e ativistas do mundo todo. A mestre de cerimônias foi a atriz Su Pollard, conhecida por sua alegria e irreverência, e participou de vários seriados de TV e musicais do West End, a diva é uma grande aliada LGBTQIA+.

O diretor Rodrigo Alfer conta que o convite foi um presente, “como todo mundo, também estou em casa, então foi como voltar à ativa, o cérebro saiu do modo avião e voltou a pensar, criar e de certo modo sonhar”.

Em tempos de isolamento social, gravar o vídeo com todo o elenco foi um desafio. Como aconteceu em uma situação nova, escolher a melhor maneira de fazer o vídeo foi a primeira questão. Na semana da gravação a quarentena em São Paulo foi flexibilizada, cogitou-se então gravar na produtora para que o som ficasse uniforme, mas chegou-se ao consenso de que o melhor a fazer seria gravar cada um em sua casa para não correr risco algum, além de dar o exemplo neste momento.

“Acredito que as pessoas entejam mais generosas e que irão entender as deficiências técnicas de uma voz gravada no celular. Temos também uma grande sorte que é ter no elenco o ator Gui Giannetto, que também é proprietário de uma produtora, a VCL Prods, e que é um editor de vídeo competentíssimo, isso facilitou muito o processo, pois ele já conhecia a estrutura da música. Isso não quer dizer que foi fácil. Foi bem trabalhoso. Demos uma lista para os atores de como proceder na gravação, desde posicionamento da câmera até o que não vestir, e fiz um pedido especial: Divirtam-se!” conta o diretor.

Participar de um evento tão importante em tempos tão difíceis foi como um prêmio para essa produção, segundo Rodrigo Alfer “um reconhecimento, ao mesmo tempo meio maluco, pois nem estreamos, ninguém viu nada, nem foto oficial do espetáculo temos, a quarentena começou no dia da sessão de fotos. Mas três meses se passaram e poder reviver a ansiedade e alegria deste musical está sendo uma grande alegria. Estar na London Pride é uma vitrine para o mundo, imagino que boa parte dos artistas ingleses irão ver nosso número, nós que sempre os vemos, agora seremos vistos. Dá um orgulho! Foi como uma mini estreia para nós”.

O elenco brasileiro de ‘Naked Boys Singing!’ cantou a música de abertura do espetáculo, "Gratuitous Nudity", que na versão em português está intitulado como "Nudez Frontal". O vídeo da participação deles já pode ser visto neste link:

https://www.youtube.com/watch?v=rZRCrwB2PCI&feature=youtu.be&app=desktop#menu


Sobre ´Naked Boys Singing! Brasil’
A segunda montagem brasileira de ‘Naked Boys Singing!’ no Brasil é idealizada por Rodrigo Alfer, arte educador, ator, cantor, dramaturgo e produtor, que recentemente esteve nos papéis de diretor, autor e produtor do premiado espetáculo 'O Príncipe Desencantado - O Musical', e agora se prepara para uma experiência totalmente nova, tanto para o público quanto para ele mesmo, ao trazer novamente para o Brasil a montagem do espetáculo ‘Naked Boys Singing!’, que em 2003 teve uma versão dirigida por Zé Henrique de Paula.

A ideia surgiu após um momento de frustração com a atual situação da cultura no país, insatisfeito com o rumo das coisas, Rodrigo pensa na montagem como um ato de resistência.

O musical, um vaudeville clássico, com quadros independentes, possui 14 canções com diferentes ritmos, que abordam o tema: corpo masculino. Nesta montagem as versões brasileiras serão de Rafael Oliveira, conhecido por sua página ‘Musical em Bom Português’.

Para conseguir os direitos da montagem, Rodrigo entrou em contato diretamente com Bob Shcrock, idealizador do musical, através de redes sociais, quem o colocou diretamente em contato com a empresa que cuida dos direitos do espetáculo.

Apesar de sua determinação para colocar ‘Naked Boys Singing!’ em cartaz, ele reconhece que será um grande desafio, pois além de mostrar as qualidades artísticas e o potencial que o musical tem, também é preciso explicar que não se trata de um espetáculo vulgar ou pornográfico, mas sim uma comédia, um off-Broadway de sucesso, que já rodou o mundo inteiro e traz lindas canções em seu repertório.

A nova montagem brasileira é uma produção da ‘BACANA Produções Artísticas’ (O Príncipe DesEncantado, Las Muchachas de Chico e Vapor), e após receber muitas inscrições e de um processo incrível de audição encontrou seu elenco, formado por 9 atores-cantores incríveis. Sendo eles:

  • Douglas Garcia – ator e cantor. Participou da montagem acadêmica de "Dom Casmurro" pelas mãos de Vitor Rocha e Elton Towersey da Casa de Artes OperÁria e da adaptação do musical da Broadway, "Waitress" de Tinno Zani, Rafa Villar e Gabriel Malo, da Casa Motivo. Também trabalhou em diversas peças publicitárias e como modelo vivo.
  • Gui Giannetto - cantor, ator e locutor. Formado no Curso Técnico de Teatro Musical do SESI-SP, esteve no elenco de “O Filho do Homem”, “A Vida de Chico Xavier em Um Cisco”, “Shrek - O Musical TYA”, “Tem Gaiato No Navio”, “Paralamas em Cena” e “A Beatles Project”. Na TV interpretou Carpa na série da HBO “Pico da Neblina”, com direção de Fernando Meirelles. Como locutor e ator de voz original realizou trabalhos para globo.com, VISA e Disney Channel. Recentemente cantou nos coros dos shows de Tiago Barbosa e “Senhor dos Anéis In Concert”, além de ter integrado o Ensemble do Maestro Marconi Araújo e o Coro Osvaldo Lacerda. É bacharel em Comunicação Social e atualmente estuda Teoria Musical e Regência.
  • João Hespanholeto – ator, cantor e bailarino. Estudou teatro na escola Fundação das Artes, em São Caetano do Sul. A dança está em sua vida há 4 anos, e seus estudos transitam entre as Danças Urbanas e as Danças Acadêmicas. Atualmente está se especializando em Jazz, pela TeenBroadway. Formado no Curso Profissionalizante TeenBroadway de Teatro Musical, onde interpretou o personagem Clown em “O Grande Circo Místico” e os personagens Mike e Mark em “A Chorus Line”. Em 2019, participou do Work In Progress “Spamalot - Em Busca do Cálice Sagrado”, pela Cia Promenade de Teatro Musical, com Christina Trevisan e Jorge de Godoy.
  • Leandro Naiss - ator, bailarino e cantor. Estudou na Escola de Atores Wolf Maia. Aprimorou suas técnicas em dança com aulas de Ballet Clássico e Jazz na escola WA Shows em São Paulo com os professores e coreógrafos Adriana Angelelli, João Vecker e Thiago Jansen. Cursou Danças Urbanas, Contemporâneo e Jazz Musical com professores diversos na Millennium Dance Complex e na Debbie Reynolds Legacy Studio ambas em North Hollywood, Los Angeles, CA. Estreou nos palcos de São Paulo no musical "Nos tempos da Jovem Guarda" de Renato Kramer em cartaz no Teatro Folha. Trabalhou por três anos consecutivos em Shows Diversos em Cruzeiros da Pullmantour pelo Brasil, Argentina e Uruguai. Em seguida fez temporadas de Shows Brasileiros em parques temáticos pela Coreia do Sul, China e Angola. Voltou para o teatro musical em 2015 no infantil “Mônica e Cebolinha no Mundo de Romeu e Julieta”, seguindo para “DZI CROQUETTES”, “Cantando na Chuva” e “MPB- Musical Popular Brasileiro”. Tendo também um vasto currículo na área de eventos, vídeo clipes, programas de TV e comerciais publicitários.
  • Luan Carvalho - cantor e ator. Canta desde os seus quatro anos em corais na escola e na igreja. Cursando Artes Cênicas na Anhembi Morumbi. Seus estudos começaram em 2017 no Curso Profissionalizante TeenBroadway de Teatro Musical. Participou das Montagens acadêmicas de "O Grande Circo Místico", "Musicais do Cinema" e "A Chorus Line".
  • Ruan Rairo – ator e cantor. Iniciou os estudos de teatro na adolescência com o grupo Cultura de Garagem que atuava em Parelheiros, Zona Sul de São Paulo. Continuou os estudos na escola de teatro musical A Voz Em Cena. Atuou no poema manifesto de Rafael Guerche, “Meninos Também Amam”, e foi campeão brasileiro do KWC (Karaoke World Championships), fato que o fez defender o país no Mundial de Karaoke, em Tóquio, no Japão, na categoria dueto, junto com cantora Aline Cunha Brasil, trazendo para o Brasil a medalha de prata.
  • Silvano Vieira – ator e cantor. Iniciou seus estudos artísticos com Rogério Matias, integrando o grupo de teatro Ábaco por 7 anos. Atualmente é bacharelando em Artes Cênicas pela UNESP e formado na segunda turma do Curso Técnico de Teatro Musical do SESI-SP. Seus mais recentes trabalhos incluem a turnê do espetáculo “A Bela e a Fera”, que passou por cidades do Brasil e Uruguai, e o infantil “O Príncipe DesEncantado”, dirigido por Rodrigo Alfer.
  • Tiago Prates – ator e cantor. Já foi premiado como melhor ator coadjuvante na Mostra Estudantil de sua cidade. Se especializou em teatro musical com a Casa de Artes OperaÁria e é formado pela primeira turma do Curso Técnico de Teatro Musical do SESI-SP, onde aprimorou seus estudos em canto com Amélia Gumes e Leonardo Neiva, em teatro com Cris Trevisan e Beatriz Lucci e em dança com Vanessa Costa, André Santos e Chris Matallo. Participou da montagem profissional pelo clube Hebraica de “Shrek, o Musical”, sendo cover do protagonista e participou também da adaptação oficial do filme “Bicho de Sete Cabeças” para os palcos. Atualmente faz parte da GC Singers com direção de Saulo Javan e Lelo Andrades e coreografias de Rosely Fiorelli e Aline Pimentel. Além do Grupo Vida - Recife, onde participando das montagens de “Shrek, O Musical”, “A Família Addams” e “Tarzan” dirigidos por Rita Vieira e Rodrigo Damo.
  • Victor Barreto - ator, bailarino, cantor e dramaturgo. Estuda ballet clássico há 5 anos, passando pelas escolas Primeiro Ato Escola de Dança e Lenita Ruschel em Porto Alegre/RS, e Estúdio De Passos Arte e Dança, em São Paulo/SP, onde também estuda Dança Contemporânea e Jazz. Aprimorou seus estudos de canto com Juvenal de Moura, e na área de atuação, estudou com diversos mestres, como Paloma Riani, Douglas Campigotto, Fernando Leal, Sofia Botelho, Daniela Biancardi, e cursa atualmente o último ano do Curso Profissionalizante de Formação de Atores no Célia Helena Centro de Artes e Educação. Integra, ainda, o Coletivo Orifícios de Teatro, e assina a dramaturgia mais recente encenada pelo grupo, “Só os pássaros são livres”.

Artistas Criativos:
Diretor - Rodrigo Alfer

Assistente de Direção - Manu Littiéry

Diretor Coreográfico - Alex Martins

Diretor Musical - Ettore Veríssimo

Vocal Coach - Ettore Veríssimo

Assistente de Direção Musical - Gabriel Fabbri

Versão em Português - Rafael Oliveira

Preparador de Elenco - Jonathan Faria

Cenário e Figurinos - Daniele Desierrê

Light Design - Gabriela Araújo

Copista - Rafael Gamboa

Direção de Produção - Alexandre de Marco

Produção: BACANA Produções Artísticas

Design e edição: Gui Giannetto / VCL Prods

My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes