[Náufragos do Sofá]: Ricos de Amor - Crítica




Hey, Náufragos! Quem não curte uma comédia romântica pra alimentar nosso lado sentimental, não é? O longa nacional “Ricos de Amor” dirigido por Bruno Garotti, que também trabalhou em outros clichês nacionais, é original Netflix e mostra um roteiro divertido e emocionado. O público mostrou um retorno bom, porém não “ótimo”. Isso se dá pelo roteiro ou pelo preconceito de ser um filme do Brasil? 




Teto (Danilo Mesquita) é filho e herdeiro do dono de uma bem sucedida fábrica de tomates, o que faz deles uma família rica. Durante um festival anual e tradicional celebrando as riquezas da fruta, Teto conhece Paula (Giovanna Lancellotti), uma jovem estudante de medicina com espírito independente. Mas, para conquistar o coração dessa bela moça, o príncipe do tomate terá que revirar um pouquinho sua vida.

Ao trocar de identidade com seu melhor amigo Igor (Jaffar Bambirra), Teto se passa por um jovem simples cheio de objetivos e com desejo de conseguir independência do seu pai. Paula, então, se envolve cada vez mais e se encanta com a forma como são parecidos. Com ajuda de Monique (Lelle), tudo ia bem, mas nenhuma mentira dura para sempre. Quando Paula descobre a canalhice, precisa fazer uma escolha que mudará suas vidas.



O clichê do personagem desapegado que se apaixonada de repente nunca fica cansativo, é só ter o roteiro correto e esse filme com certeza tem. Desde o início é gostoso assistir as cenas e as confusões improváveis que eles se metem. A escolha do elenco parece encaixar muito bem e deixa tudo ainda mais bonito e jovial. Como nada é perfeito, a trama peca um pouco ao exagerar no clichê em certos pontos. A gente gosta, mas uma novidade não mata ninguém.

O festival mostrado no filme realmente existe, se chama Festa do Tomate e acontece tradicionalmente em Paty do Alferes, município do estado do Rio de Janeiro, e conta sempre com grandes atrações da música além da programação normal. Em 2019 a Festa contou com a presença do DJ Alok, que faz participação especial nesse filme e também a trilha sonora praticamente inteira conta com as músicas que já nos agita há um tempo.

“Ricos de Amor” estreou na Netflix em abril. Fora tudo que já foi falado, também vale a pena assistir nossos atores nacionais brilhando, como Bruna Griphao, Marcos Oliveira (nosso queridíssimo Beiçola), Caio Paduan e outros. Me indiquem filmes como esse, nessa plataforma, e digam se gostaram ou não. Só sei que fiquei curiosa pra conhecer esse festival e no próximo que tiver eu já estou lá. Quem sabe não fico rica também? <3

Título Original: Ricos de Amor

Direção: Bruno Garotti

Duração: 1h45min

Ano de Lançamento: 2020

Gênero: Comédia Romântica

Nacionalidade: Brasil

Elenco: Danilo Mesquita, Giovanna Lancellotti, Jafar Bambirra, Lelle, Bruna Griphao, Marcos Oliveira, Caio Paduan, Alok, Ernani Moraes

Bia Oliveira

My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes