Feliz dia das Mães!






.



Jaciara minha ruiva mais amada e euzinha Djamila 



Hoje é o dia das responsáveis por estarmos vivos, que ficaram noites sem dormir e aprenderam com a escola da vida a serem mães. Alguns tem mães de coração, outros de sangue e outros mães anjos da guarda. Há também os pais que cumprem a dupla jornada. Não importa o caso mãe é mãe!

E hoje a Equipe resolveu dar destaque as suas mães. ilustrando as postagens de hoje com suas rainhas.



A doce Maria de Fátima e Tatá Boeta e seu divinos cachinhos roxo 


“Posso viver na ilusão

Transbordar imaginação

atear minhas asas a voar

visitando meu intimo

ao me enxergar

transpareço estar sozinho


Bete e o nosso Iluminado Caio Luz 

Espelhos refletem só imagens

De tempos que vivi

Sento e olho estrelas no céu

Elas me dizem - Você não está só!

Repetem em coro

Repetem como um mantra



As estilosas Angélica e Bia Miranda 




Abro minhas asas e saio a voar

Céu é o limite e é para lá que vou te encontrar mãe”

Escrito por Tatá Boeta















Luciola mãe do nosso querido Marco Guayba


Minha mãe,

Ainda ouço a sua voz cantando aquela cantiga italiana

Que você cantava para eu e meus irmãos

Quando tínhamos medo da chuva,

Que teimava em encher o rio, avançar sobre a rua

E inundar a casa.


Fátima e Lívia Winter
Ainda sinto seus braços me segurarem no colo

E suas mãos tocarem a minha face para acalmar meus segredos.

Também sinto a sua mão forte batendo com força

Em meu corpo miúdo para regular os maus folguedos.

Ainda te vejo passar pela sala para cuidar da casa

Ou na cozinha fazendo o rango, balançando o corpo

Como se estivesse dançando numa festa num sábado à noite.


Ouço ainda o seu grito, vindo de algum lugar primitivo,

As chiquérrimas Rosane Maria e a Bia Oliveira 
Clamando pelos sentidos impossíveis

Do fundo de um abismo sem forma.

E ouço a minha voz sonhando com você,

Querendo a sua vez de me acarinhar

Como se todos esses ontens pudessem se tornar um hoje

Pleno de brinquedos e de sua presença feita de amor.


Escrito por Marco Guayba



                                                                                                                           


  Por Djamila Farias





My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes