Especial dia das Mães: Mães da Disney que merecem mais destaque




Como muitos sabem a Disney não é muito fã das mães, principalmente nos seus maiores sucessos, onde na maioria das vezes os protagonistas nem tem uma mãe pra ser mencionada. Salvando alguma exceções, vamos aqui mencionar as que são menos reconhecidas pelos fãs e que mereciam muito mais admiração pelo seu desempenho como mãe!

5º - Rainha Arianna (Enrolados)

Apesar de tudo que acontece no filme “Enrolados” sabemos que a Gothel não é o exemplo perfeito de mãe adotiva e Arianna continua sendo a melhor que a Rapunzel já teve.

Após uma gravidez difícil e o sequestro da filha logo após o nascimento, não podemos imaginar o tamanho da dor que a amável Rainha Arianna deve ter sentido. Mesmo com todas as atrocidades que aconteceram em sua vida ela nunca deixou de acreditar que um dia recuperaria sua filha. A fé a torna uma das melhores mães da Disney, pois em nenhum momento ao longo dos 18 anos que a Rapunzel esteve longe ela deixou de acreditar que reencontraria sua filha, e quando esse momento finalmente chegou ela a recebeu de braços abertos.



4º - Sina (Moana)

Depois da Arianna essa é a mãe que tem menos destaque da lista e que deveria ser muito mais valorizada. Ela não aparece muito no filme, mas sempre está lá quando a Moana mais precisa dela. Não concorda com os desejos da filha, mas sempre a respeita, e isso sim é amor de verdade.

A cena de maior destaque vem exatamente quando a gente menos espera. Moana decide fugir e é pega no flagra por Sina, mas ao invés de prendê-la e tentar força-la a ficar ela ajuda a filha a arrumar suas coisas para ir embora. Apoio total e amor incondicional, muitas mães deveriam aprender com ela!



3º - Rainha Elinor (Valente)

Não é segredo pra ninguém que “Valente” é o filme que mais representa a relação mãe e filha de todos da Disney, até pq esse é o enredo da obra. Acho que de todas dessa lista essa é a que tem mais destaque, apesar de passar boa parte do filme sobre a forma de urso.

A Rainha Elinor é aquele tipo de mãe que o espectador não se identifica de cara, muitas das vezes por conta da sua rigidez e a forma que ela tenta dominar a filha. Com o passar do filme entendemos que ela só fazia aquilo porque tinha sido assim durante toda sua vida, mas com todas as coisas que aconteceram ao longo do caminho ela se abriu para as mudanças é um mundo novo. E vale ressaltar que ela é superprotetora, então não se meta com seus filhos porque ela literalmente vira uma fera!



2º - Sra. Jumbo (Dumbo)

Olha se tem uma mãe que merece mais destaque com certeza, ela é a Sra. Jumbo! A mãe do pequeno elefantinho já tinha perdido a esperança de ser mãe quando finalmente a cegonha trouxe seu bebê (literalmente). A felicidade de ser mãe tomou conta da Elefanta que acabara de realizar seu sonho, porém as outras pessoas/animais não aceitaram muito bem as orelhas grandes do lindo bebê. Mas como um exemplo de mãe que é, ela não se importa com as diferenças e demonstra o maior amor do mundo pelo seu filho.

Lutando contra tudo e todos que ameaçavam ou faziam bullying com seu filho, a Sra. Jumbo acabou sendo presa como elefante louco. O arco da visita do Dumbo a sua mãe na prisão é uma das cenas mais tristes de animação de todos os tempos. Sem precisar dizer uma palavra o filme inteiro a personagem consegue cativar todos os espectadores, que sofrem junto com a personagem e vibra quando os dois finalmente se reencontram.



1º - Kala (Tarzan)

O primeiro lugar não podia ser diferente, ele tinha que ser seu, Kala. Simplesmente a melhor mãe que a Disney já criou e que é muito negligenciada pelos fãs!

Provando por A+B que mãe está muito além de raça e corrente sanguínea, a Kala se destaca justamente por não impor barreiras para o seu amor e senso de justiça. Quando ela pega aquele filhote, que ela nem sabe de quem é, e o protege do leopardo custe o que custar ela já mostra para todos o tamanho da sua força. Ela enfrenta qualquer um, inclusive seu próprio marido, para criar aquela criança que ela desenvolveu uma relação espontânea e o considera como filho. Mesmo quando o Tarzan desacredita de si e chora por não se encaixar, a Kala está lá para mostrar ao menino que o que importa é o que se é por dentro e o amor que se sente.

Obs: Ela também merece o primeiro lugar por nos presentear com uma das melhores músicas de todos os tempos: “You’ll be in my heart”

My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes