[Meu Segredo]: Dia 2: Eu Não Sei Quem Sou




Você já acordou estranha e com leve impressão que está em uma dimensão paralela?

Você olha para seu cachorro que esta no lugar de sempre, bem ao lado da sua cama e pensa que bicho é esse?
 
Se levanta da sua cama e segue até a sua janela, à vista que você se depara é de mais um dia nublado e tedioso. Volta e olha novamente para sua cama e seu cachorro e se pergunta: porque você acorda todos os dias mesmo? 

Ainda sem resposta você vai, quase como um robô, ao banheiro, fazer as tradicionais necessidades matinais. Sem ainda saber nada ou muito menos entender o que está acontecendo, uma dúvida martela incessantemente na sua cabeça: Quem inventou esse ritual louco pela manhã?

Calma o dia só está começando. 

Você liga a tevê e a apresentadora do telejornal nem parece humana quando diz: Bom dia! - toda animada. Bom dia para quem? Ainda nem consegui entender que dia é hoje?

Sabe o que ainda é melhor? A hora de enfrentar o seu guarda roupa e não saber o que vestir. Nada parece funcionar diante dos seus olhos e o relógio digital não para de marca o tempo...

Desolado mais uma vez, você segue até o fogão, com aquela roupa comum, que não tem erro e faz seu café, na esperança de que o restante do dia seguirá melhor.

Sei que muitos são fãs da cafeína, mas no meu caso, café se resume a um pão na frigideira e um copo de achocolatado. Sim, é o café da manhã de uma criança! Sim, eu não sou mais uma criança, já que estou chegando aos trinta. Mas como o povo sábio diz: Gosto é igual, bunda e cada um tem a sua!

Depois de toda a crise existencial matinal de um dia nublado e frio, posso dizer que estômago cheio faz milagres, já me sinto humanamente estável. Já até sei quem era o pulguento do lado da minha cama. Mentira, ela é limpinha, eu gasto boas horas cuidando da higiene dela, toda semana.

O tempo de pensar sistematicamente sobre o meu dia nublado e de alien se esgotou.

Só queria deixar bem claro que não tenho problemas com dias nublados. Meu problema hoje é com meu estado de espírito. Eu ainda estou tentando definir quem sou no espelho. O clima pode aumentar ou diminuir o meu humor, hoje ele só casou como um caso de alma gêmeas, que o destino uniu e não quer separar.
E o dia de vocês quando é nublado como costuma ser? Quem é você hoje?

Porque hoje sou um estranho no lar.

Me conte o seu segredo: Ou me julgue se assim se sentir conectado.

As regras são simples: vocês podem mandar seus textos, com suas histórias para o nosso email: desconexao.leitura@gmail.com, daremos uma olhada e caso seja necessário, editaremos, só pra manter o estilo.

Palavrões e ofensas não são bem vindas.

Vocês podem mandar ideias de próximos temas e comentar o quanto quiserem.

As postagens serão semanais. Todas as quartas!

Sabe como é? Segredos precisam de tempo para serem criados.

Não querem se identificar? Manteremos sua identidade em sigilo.



My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes