[Netflix] The Two Popes (Dois Papas)

Título: The Two Popes (Dois Papas)
Diretor: Fernando Meirelles
Produtor(a): Tracey Seaward
Distribuição e produção: Netflix
Tipo: Longa metragem
Duração: 125 minutos
Gênero: Drama
Lançamento: 5 de dezembro de 2019
Nota: ★★★★☆




Existe certa resistência ao abordar temas relacionados à religião e à política, porque estes podem trazer a tona ideais diferentes do que os telespectadores assumiram para suas vidas e acabar por se tomar fins catastróficos tanto de audiência quanto a um enredo mal interpretado.
Feitas algumas ressalvas, onde o intuito é exatamente o de causar espanto (e de forma nenhuma tirando o mérito de tais produções), o filme "The Two Popes" (Dois Papas), causou impacto não por ser caótica ou alfinetar determinadas crenças, e sim por abordar assuntos importantes, difíceis e pesados de uma forma extremamente sensível, porém com uma força estrondosa.
O filme conta a história do Papa Bento XVI e do Papa Francisco, e suas trajetórias para que pudessem tornar-se Papas, o primeiro citado com ideias conservadoras em relação à Igreja Católica, e o segundo defendendo a necessidade de uma reforma em diversos aspectos da mesma.
Apesar de inspirado em acontecimentos reais, muitos fatos apresentados ao longo da trama não tem comprovação, portanto não deve ser tomado como verdade ou base para algum estudo que não seja inteiramente baseado na obra ficcional.
Particularmente achei o filme um pouco massante em alguns momentos, por ter um desenrolar mais lento, porém extremamente necessário para total compreensão das mensagens transmitidas. O filme mostra como até mesmo aqueles que acreditamos serem livres de qualquer culpa ou "pecado", não estão imunes de cometer erros, e ressignifica ideias que alguns possam ter sobre o “perdão cristão” e suas consequências.
"A confissão limpa a alma do agressor, mas não faz nada pela vítima."

Ainda assim mostra a necessidade do perdão, redenção e principalmente da mudança.
"Devo lembrá-lo de que a verdade pode ser vital, mas sem amor, é insuportável."

Resenha por, Clarissa Bernardo

My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes