[Crítica] Modo Avião




“Modo Avião” estreou recentemente na Netflix e está dando o que falar. Estrelado por Larissa Manoela e com participação especial de Erasmo Carlos, o filme é voltado para o público infanto-juvenil com mensagens a serem praticadas na vida real.

Na trama, a digital influencer Ana (Larissa Manoela) se vê em uma situação complicada quando seus pais, após verem seu vício explícito no celular, a mandam para a casa de seu avô distante Geraldo (Erasmo Carlos) no interior. Sem sinal de internet e sem contato com o exterior, a menina entra em uma busca para conhecer mais a si mesma diante de suas raízes familiares.

O filme contém cenas e diálogos pouquíssimos naturais que não trazem novidade nenhuma, e o público já sabe como vai ser o final. O par romântico se mostra totalmente aleatório e não tem espaço para criar aquela química que faz a gente suspirar. Entretanto, a participação de Erasmo Carlos dá luz ao roteiro com a boa relação entre neta e avô.



Larissa, que conquistou o público mais novo e vem fazendo sucesso desde pequena, segue mostrando suas habilidades na atuação. A atriz claramente se esforça para dar vida e naturalidade à sua personagem, mas é impedida pelo roteiro, que a mantém no clichê forçado e maçante.

De fato, a atriz juvenil tem muito potencial e isso não é de hoje. Larissa Manoela já anunciou próximos trabalhos com a Netflix e o público torce para que ela tenha mais oportunidade de mostrar a grande atriz que ela é. O próximo filme é sobre uma mulher que sonha em ser uma cirurgiã renomada, uma personagem madura, fora do padrão de Lari.

“Modo Avião” fala sobre dar valor as coisas mais simples da vida e a importância de entender que, apesar de incrível, o mundo virtual pode se mostrar bem perigoso às vezes. Esse tipo de mensagem é essencial a ser passada diante da era da tecnologia que o mundo está, onde crianças e jovens muitas vezes se perdem.

Título: Modo Avião (Original)
Direção: César Rodrigues
Lançamento: 23 de Janeiro de 2020 (Brasil)
Duração: 1h36min
Classificação: 12 anos.
Gênero : Comédia dramática
País de Origem: Brasil

                                                                                                           Bia Oliveira

My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes