[Filmes] “Sem Seu Sangue”, De Alice Furtado, Será Exibido No Festival Do Rio





Longa, que aborda a intensidade do primeiro amor, fez sua estreia mundial na última edição do Festival de Cannes


Depois de ter sido selecionado para a Quinzena dos Realizadores do 72º Festival de Cannes, SEM SEU SANGUE, primeiro longa de Alice Furtado, faz sua estreia no Rio de Janeiro, onde foi filmado, e será exibido na Mostra Novos Rumos do Festival do Rio, que acontece entre os dias 9 de 19 de dezembro.  

O longa aborda a intensidade do primeiro amor de Silvia (Luiza Kosovski), uma adolescente introspectiva e desinteressada pela rotina, que acredita ter encontrado em Artur (Juan Paiva) algo que a faça se sentir mais viva. Ele surge inesperadamente em sua turma depois de ter sido expulso de várias escolas. Silvia fica fascinada pela vitalidade do garoto, que é feliz mesmo sendo doente. Os dois mergulham em uma convivência intensa, interrompida por um grave acidente, que vai abalar a vida da jovem. 

SEM SEU SANGUE é uma produção da Estúdio Giz, em coprodução com Oceano Cinematográfico, BALDR Film (Holanda) e Ikki Films (França). No elenco, Luiza Kosovski, Juan Paiva, Digão Ribeiro, Silvia Buarque, Lourenço Mutarelli, Ismar Tirelli Neto, Valentina Luz e Nahuel Perez Biscayart. A distribuição no Brasil é da Vitrine Filmes. 

SINOPSE: 
Desinteressada pela rotina diária entre a família e a escola, Silvia parece mover-se em busca de algo que a faça sentir-se mais viva. Acredita ter encontrado esse algo em Artur, um jovem recém-chegado em sua turma. Os dois mergulham em uma convivência intensa, interrompida por um grave acidente.  
 
FICHA TÉCNICA: 
Direção: Alice Furtado 
Produzido por: Aline Mazzarella, Matheus Peçanha, Thiago Yamachita 
Coprodução: Elaine Azevedo e Silva, Edwina Liard, Frank Hoeve, Katja Draaijer, Nidia Santiago 
Produção executiva: Carlos Eduardo Valinoti 
Roteiro: Alice Furtado, Leonardo Levis 
Direção de fotografia: Felipe Quintelas 
Direção de arte: Elsa Romero 
Montagem: Alice Furtado, Luisa Marques 
Edição de som: Tiago Bello 
Mixagem: Matthieu Langlet 
Finalização: Gabriela Ruffino 
Produção: Estúdio Giz 
Coprodução: Oceano Cinematográfico, BALDR Film (Holanda) e Ikki Films (França) 
Elenco: Luiza Kosovski, Juan Paiva, Digão Ribeiro, Silvia Buarque, Lourenço Mutarelli, Ismar Tirelli Neto, Valentina Luz e Nahuel Perez Biscayart 
Distribuição: Vitrine Filmes 
 
SOBRE A DIRETORA 
Nascida no Rio de Janeiro, Alice Furtado é diretora e montadora. Formada em Cinema pela UFF e pós-graduada pelo Le Fresnoy, França, realizou os curtas “Duelo Antes Da Noite” (Cinéfondation - Festival de Cannes 2011) e “A Rã e Deus”. Como montadora, editou os longas “O Auge Do Humano” (Leopardo de Ouro na mostra Cineasti del Presente, Festival de Locarno 2016), de Eduardo Williams, e “Os Sonâmbulos”, de Tiago Mata Machado, além de curtas-metragens e séries de TV. “Sem Seu Sangue” é seu primeiro longa como diretora. 
 
SOBREA A ESTÚDIO GIZ 
Estúdio Giz é uma produtora audiovisual fundada em 2014. Com sede no Rio de Janeiro, a empresa trabalha no desenvolvimento e produção de projetos para TV e cinema em parceria com criadores independentes. É produtora dos longas "Sem Seu Sangue" (2019), de Alice Furtado, e "Paulistas" (2017), de Daniel Nolasco, com estreia mundial na mostra competitiva "Next Masters" do Dok Leipzig 2017. A Estúdio Giz é também produtora associada de "El Auge del Humano" (2016), de Eduardo Williams, filme vencedor do Leopardo de Ouro da mostra "Cineasti del Presente" no Festival de Locarno em 2016. Além disso, a produtora conta com 13 curtas-metragens em seu catálogo, exibidos e premiados em mais de 40 festivais de cinema, como FICUNAM, Festival de Havana, Mostra de Cinema de Tiradentes, Queer Lisboa, entre outros. 
 
SOBRE A VITRINE FILMES  
Em nove anos, a Vitrine Filmes distribuiu mais de 140 filmes. Entre seus maiores sucessos estão "Aquarius" e "O Som ao Redor", de Kleber Mendonça Filho, "Hoje Eu Quero Voltar Sozinho", de Daniel Ribeiro, e “O Filmes da Minha Vida”, de Selton Mello.  
Mais recentemente a distribuidora lançou "Divinas Divas", dirigido por Leandra Leal, o documentário mais visto de 2017 e "O Processo", de Maria Augusta Ramos, que entrou para a lista dos 10 documentários mais vistos da história do cinema nacional.  
Entre os lançamentos de 2019 estão “Divino Amor”, dirigido por Gabriel Mascaro, "Bacurau”, novo filme do diretor Kleber Mendonça Filho em parceria com Juliano Dornelles, e “A Vida Invisível”, Karim Aïnouz. Além disso a Vitrine Filmes segue pelo terceiro ano consecutivo com o projeto de distribuição coletiva de filmes Sessão Vitrine, que durante o ano todo irá lançar longas nacionais em diversas cidades do Brasil. 



My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes