[Filmes] A Divisão - Filme nacional baseado em fatos reais



“A DIVISÃO” – Filme nacional baseado em fatos reais, o longa relembra a onda de sequestro e mostra o Rio de Janeiro de 1997.

O filme “A Divisão” de Vicente Amorim, produzido por José Junior, é um filme de suspense e muita ação, distribuído pela Downtown Filmes e Paris Filmes com estreia prevista para janeiro de 2020. A pré-estreia aconteceu no dia 13 de dezembro no Cine Odeon Net Claro durante o Festival do Rio.

No fim dos anos 1990 uma onda de sequestros abala o Rio de Janeiro. Um grupo de policiais assume a Divisão de Antissequestro (DAAS) e a missão de desmontar as quadrilhas que transformaram o crime de sequestro em indústria. Nos bastidores das investigações, há uma disputa de poder entre Mendonça (policial incorruptível, porém extremamente violento) e Santiago, Ramos e Roberta (eficientes, porém corruptos).  É estrelado por Silvio Guindane, Erom Cordeiro, Natalia Lage, Thelmo Fernandes e Marcos Palmeira. 

A obra gira em torno do sequestro da filha do deputado Venâncio Couto (Dalton Vigh). Para resolver esse caso, o Chefe de Polícia Paulo Gaspar (Bruce Gomlevsky) convoca os policiais conhecidos por seu envolvimento com a corrupção Roberta (Natalia Lage), Santiago (Erom Cordeiro) e Ramos (Thelmo Fernandes), mas eles terão que trabalhar junto com o delegado Mendonça (Silvio Guindane), conhecido por sua aversão à corrupção e por seu comportamento extremamente violento com os criminosos. O time é supervisionado pelo delegado Benício (Marcos Palmeira), encarregado do caso. Mesmo com modos de trabalho tão diferentes, em poucos anos eles conseguem reduzir o número de sequestros no Rio de Janeiro.

Segundo o produtor José Junior, a ideia era mostrar ao público a única política de segurança pública que deu certo no Rio de Janeiro, essa foi uma das motivações para produzir o filme. Originalmente, como série da GloboPlay, o longa conta com cenas fortes e com muitas ações cheias de dinamismo. A fotografia do filme acompanha o teor dinâmico das cenas com planos e cortes secos e bem marcados. Um filme forte, duro e inspirador com um final surpreendente.

Cíntia Lima
Cineasta e Diretora Executiva da Malice Produções Culturais













My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes