[Séries]: Sementes do Amanhã, estreia dia 12 de Novembro no Futura

‘SEMENTES DO AMANHÃ’ ESTREIA DIA 12 DE NOVEMBRO NO CANAL FUTURA

Série documental que será exibida semanalmente aborda os alimentos brasileiros que correm risco de extinção

SementeBuriti

A partir de 12 de novembro, a série SEMENTES DO AMANHÃ será exibida semanalmente no Canal Futura, sempre às terças-feiras, às 23h15. Não são apenas os animais que correm risco de extinção, muitos alimentos também, como o buriti, a castanha do Brasil, a baunilha do cerrado, o cacau Cabruca, o açaí Juçara, entre outros. Esta série documental tem o objetivo de resgatar a história dessas espécies alimentícias brasileiras, por meio de um olhar contemporâneo, mostrando a teia de relações humanas e ambientais que há por trás da sua cadeia produtiva.

Com 13 episódios que mostram um panorama geral de cada item nas comunidades onde são produzidos, a série apresentada por Nanda Barreto investiga a origem da extinção e guia o telespectador na descoberta da biodiversidade brasileira. Com isso, pretende provocar a conscientização das pessoas e buscar caminhos para a preservação das culturas alimentares e humanas, numa perspectiva de sustentabilidade.

As filmagens de SEMENTES DO AMANHÃ foram realizadas de outubro de 2018 a junho de 2019, percorrendo diversas cidades brasileiras nas cinco regiões do País. O primeiro episódio a ser exibido, BURITI, foi gravado nas cidades de Montes Claros, Chapada Gaúcha, Januária e Brasília de Minas, todas no estado de Minas de Gerais. Viajando pelo Cerrado, a apresentadora conhece produtores que trabalham com o buriti, mantendo o foco no uso sustentável e na preservação deste bioma.

SEMENTES DO AMANHÃ é uma realização da Okna Produções e da TerraMar. A equipe de campo é composta por Nanda Barreto (apresentadora), Alan Mendonça (diretor e roteirista), Marcelo Curia (cinegrafista e fotógrafo), Anderson Astor (diretor de produção), Lara Ely (pesquisa) e Raysa Fitsch (captação de som). Ainda no time estão Aleteia Selonk e Marlise Aude, responsáveis pela produção executiva, Veco Marques (trilha sonora), Roberto Coutinho (som) e Jonatas Rupert (montagem).

Série SEMENTES DO AMANHÃ, todas as terças, às 23h15, no Canal Futura

ORDEM DOS EPISÓDIOS 1- Buriti
2- Açaí
3- Castanha do Brasil
4- Butiá
5- Umbu
6- Baunilha do Cerrado
7- Pinhão
8- Cacau Cabruca
9- Mel
10- Guaraná
11- Ostra
12- Pirarucu
13- Castanha Baru

SINOPSE GERAL DA SÉRIE
Sementes do Amanhã é uma série documental de 13 episódios de 26 minutos que vai retratar os alimentos brasileiros que estão ameaçados de extinção. Os programas tem como objetivo esclarecer o problema da extinção de espécies no Brasil, as causas, as consequências, a relação com os biomas, o impacto econômico e social, a urgência do tema e a necessidade de ações para evitar que estes alimentos sejam extintos. Em contraponto a esta situação o programa vai apresentar uma visão otimista de futuro, fundamentada na ação das comunidades, organizações sociais, empresas e órgãos governamentais como agentes transformadores, capazes de enfrentar a ameaça de extinção através de práticas sustentáveis e atitudes pedagógicas, que formam novas gerações engajadas com a questão ambiental. Através de um diálogo entre meio ambiente, sociedade e cultura, a série Sementes do Amanhã será também uma viagem ao Brasil, conectando o espectador com histórias, lugares e espécies que inspiram as pessoas a lutar pela preservação.

SOBRE A OKNA Criada em 2006 pela produtora Aleteia Selonk, a OKNA é uma produtora de conteúdo dedicada à realização de produtos audiovisuais para televisão e cinema. Especializada na produção e produção executiva de longas, curtas e médias-metragens de ficção e documentário, além de programas para televisão, a OKNA realiza o gerenciamento não apenas de projetos, mas também de talentos criativos.

Em seu catálogo constam seis longas-metragens, 14 médias, 20 curtas e três séries de TV. Juntos, seus filmes já participaram de mais de 200 festivais internacionais e arrebataram mais de 70 prêmios.

Entre as suas produções, mais recentes para o cinema destacam-se os longas de ficção, Mulher do Pai (direção Cristiane Oliveira) - vencedor de melhor direção, melhor fotografia e atriz coadjuvante no Festival Internacional de Cinema do Rio de Janeiro, indicado à melhor filme no Generation 14plus do Festival Internacional de Cinema de Berlin - e Ponto Zero (direção de José Pedro Goulart) premiado com melhor roteiro, ator e filme no IFAB (international Film Awards Berlin) além da animação infantil “As aventuras do Avião Vermelho”(direção Frederico Pinto e José Maia). Em 2018 garvou o novo longa de Cristiane Oliveira, “A primeira morte de Joana”, que deverá ser finalizado ainda em 2019 e tem estreia prevista para o começo de 2020.



My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes