[Filmes] "O Traidor", de Marco Bellocchio, terá pré-estreia no Brasil durante 14° Festival de Cinema Italiano em novembro



Pierfrancesco Favino e Maria Fernanda Candido  _ foto Marcio  Amaro




Entre disputas aos maiores prêmios internacionais do cinema mundial, filme que narra a trajetória do mafioso Tommaso Buscetta ganha fôlego no país ao apresentar coprodução ítalo-brasileira na maior mostra cinematográfica italiana da América do Sul
O Festival de Cinema Italiano, em sua 14ª edição, em parceria com a Gullane Entretenimento, anuncia a pré-estreia no Brasil do filme O TRAIDOR, de Marco Bellocchio, obra que concorreu à Palma de Ouro, no Festival de Cannes, e foi selecionada pela Itália para disputar uma indicação na categoria Melhor Filme Internacional no Oscar® 2020. A exibição inédita do longa no país ocorrerá em 19 de novembro, no Auditório Ibirapuera, em São Paulo, durante a Festa de Abertura do 14º Festival de Cinema Italiano e terá presenças de destaques do elenco, como a atriz Maria Fernanda Cândido, além do Embaixador da Itália no Brasil, Antonio Bernardini, do Cônsul Geral da Itália em São Paulo, Filippo La Rosa, dentre outros.
Coprodução entre Itália, Brasil, Alemanha e França, O TRAIDOR é baseado na história real do mafioso italiano Tommaso Buscetta (1928 -2000), o primeiro do alto escalão da organização criminosa siciliana Cosa Nostra a delatar seus comparsas à justiça no caso conhecido como Maxi-Processo. 
Ambientado parcialmente no Rio de Janeiro das décadas de 1970 e 1980, o filme traz Pierfrancesco Favino no papel de Buscetta, Maria Fernanda Cândido como a esposa brasileira do mafioso e Fausto Alesi como o intérprete do juiz Giovanni Falcone.
“Abrir a 14ª edição do Festival de Cinema Italiano com o filme O TRAIDOR, obra escolhida pela Itália para representar o país na corrida pelo Oscar, é proporcionar ao público da estreia do evento assistir em primeira mão um dos filmes mais esperados para lançamento no Brasil”, revela a diretora artística do Festival Erica Bernardini.
“A parceria entre nosso Festival e a Gullane, uma das mais importantes produtoras independentes do país, representa a credibilidade de nosso evento e nos confirma que estamos no caminho certo quanto à seleção do melhor da cinematografia italiana”, explica Erica.
Maior evento do gênero da América do Sul, o 14º Festival de Cinema Italiano em novembro, inclui ainda a mostra de outros 13 longas recentes e inéditos em sua Sessão Contemporânea, os quais disputam entre si o Prêmio de Melhor Filme do evento escolhidos pela crítica e público. Já na Sessão Retrospectiva, o Festival contempla o público com filmes de um nome marcante da cinematografia italiana.

14° FESTIVAL DE CINEMA ITALIANO – PRÉ-ESTREIA NO BRASIL DE “O TRAIDOR”, DE MARCO BELLOCCHIO
Data: 19 de novembro de 2019
Local: Festa de Abertura do 14º Festival de Cinema Italiano – Auditório Ibirapuera, Avenida Pedro Álvares Cabral, Portão 2, Parque do Ibirapuera, São Paulo/SP

O TRAIDOR
SINOPSE:  
Tommaso Buscetta, mafioso que se exilou no Brasil se afastando da máfia no começo da expansão do tráfico de heroína, é preso e mandado de volta para a Itália. Durante o processo que se segue, ele, sentindo que a máfia abandonou os princípios sobre os quais foi fundada, faz um acordo com o estado para depor contra seus ex-colegas. Vamos aos poucos conhecendo as amizades e inimizades que trouxeram a situação até este ponto, enquanto Tommaso revê aqueles com quem um dia se associou. 
 
FICHA TÉCNICA: 
Elenco: Pierfrancesco Favino, Maria Fernanda Candido  
Direção: Marco Bellocchio 
Direção de Fotografia: Vladan Rodovic 
Direção de Arte: Andrea Castorina e Daniela Vilela 
Figurino: Daria Calvelli e Gabriella Marra 
Montagem: Maria Francesca Calvelli 
Produzido por: Giuseppe Chaschetto, Simone Gattoni, Fabiano Gullane, Caio Gullane, Michael Weber, Viola Fügen, e Alexandra Henochsberg 
Produtor Delegado Brasil: André Ristum 
Produtoras: IBC Movie, Kavac Film, Rai Cinema, Gullane, Match Farctory Productions e AD Vitam 
Distribuição Brasil: Fenix Filmes e Pandora Filmes 
 
SOBRE O DIRETOR 
 
Marco Bellocchio é diretor de cinema, roteirista e ator italiano Uma das personalidades italianas mais importantes, no meio intelectual e cultural, ganhou em 1991 o Urso de Prata - Prêmio Especial do Júri no 41º Festival Internacional de Cinema de Berlim por seu filme "The Conviction". Em 2011, Bellocchio foi premiado com o Leão de Ouro no Festival Internacional de Cinema de Veneza por sua carreira cinematográfica. Em 2006, seu filme "The Wedding Director" foi exibido na seção Un Certain Regard no Festival de Cinema de Cannes. Em 2009, dirigiu "Vincere", que esteve na principal competição do Festival de Cinema de Cannes. Seu filme de 2012 "Dormant Beauty" foi selecionado para competir pelo Leão de Ouro no 69º Festival Internacional de Cinema de Veneza. 

SOBRE O 14º FESTIVAL DE CINEMA ITALIANO
 
É o maior evento do gênero da América do Sul e pioneiro no Brasil em apresentar uma programação exclusiva e totalmente voltada às filmografias clássica e contemporânea italianas.
Ao longo dos anos, o Festival recebeu nomes importantes, como os atores Riccardo Scamarcio, Maria Grazia Cucinotta, Giancarlo Giannini, Ornella Muti, Kim Rossi Stuart e os diretores Giuseppe Tornatore, Roberto Faenza, os irmãos Taviani, Bruno Bozzetto, entre outros.
Idealizado e realizado pela Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura de São Paulo (Italcam), o Festival de Cinema Italiano no Brasil teve sua primeira edição em 2005.

Sobre a Gullane   

Em 1996, os irmãos Caio e Fabiano Gullane fundaram a Gullane, hoje somando mais de 40 filmes com destaque no Brasil e no exterior, 25 séries de televisão, inúmeros especiais e documentários. "Carandiru", "Bicho de sete cabeças", "O ano em que meus pais saíram de férias"; a franquia "Até que a sorte nos separe"; "Que horas ela volta?", "Como nossos pais", "Bingo, O rei das manhãs"; as séries "Alice" (HBO), "Unidade Básica" (Universal) e "Carcereiros" (TV Globo) são algumas das obras realizadas pela Gullane nos últimos anos. Uma produtora ativa no crescimento do audiovisual brasileiro que compõe seus projetos com os melhores talentos e parceiros do entretenimento. Sua capacidade e empenho em todas as etapas de realização a garantiu importantes coproduções internacionais e a comercialização de suas obras para mais de mais de 60 países, levando a identidade do cinema nacional mundo a fora.   
Caracterizada por sensibilizar e movimentar reflexões através de suas histórias a Gullane já acumulou mais de 500 prêmios e nomeações em sua carreira, além de ter seus projetos reconhecidos nas seleções oficiais dos festivais mais importantes do mundo como: Oscar, Cannes, Berlim, Sundance, Toronto, Veneza e o prêmio Emmy.  

Sobre a Pandora Filmes 
   
A Pandora é uma distribuidora de filmes independentes que há 30 anos busca ampliar os horizontes da distribuição de filmes no Brasil revelando nomes outrora desconhecidos no país, como Krzysztof Kieslowski, Theo Angelopoulos e Wong Kar-Wai, e relançando clássicos memoráveis em cópias restauradas, de diretores como Federico Fellini, Ingmar Bergman e Billy Wilder. Sempre acompanhando as novas tendências do cinema mundial, os lançamentos recentes incluem “The Square – A Arte da Discórdia”, de Ruben Östlund, vencedor da Palma de Ouro em Cannes, e “O Apartamento”, de Asghar Farhadi, vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

Paralelamente aos filmes internacionais, a Pandora atua com o cinema brasileiro, lançando obras de diretores renomados e também de novos talentos, como Gustavo Steinberg, Ruy Guerra, Edgard Navarro, Sérgio Bianchi, Roberto Moreira, Beto Brant, Fernando Meirelles, Helena Ignez, Tata Amaral, Anna Muylaert, Petra Costa e Gabriela Amaral Almeida. Entre os próximos lançamentos, destacam-se “Greta”, de Armando Praça; “O Traidor”, de Marco Bellocchio, coprodução nacional, que concorreu à Palma de Ouro em Cannes; e “O Caso Morel” de Suzana Amaral.

Em 2019, a distribuidora criou o projeto Caixa de Pandora que visa programar filmes premiados, escolhidos através de uma cuidadosa curadoria para serem exibidos em salas comerciais da rede Cinépolis, em 20 cidades do Brasil.
 
Sobre a Fênix Filmes 

A Fênix Filmes é uma distribuidora independente, com foco no melhor da produção cinematográfica do mundo inteiro. Desde 2013, a distribuidora vem trazendo para o Brasil filmes considerados verdadeiros tesouros ainda pouco explorados no mercado e que encantaram espectadores nos principais festivais internacionais, especialmente Berlinale e Cannes. Dentre os lançamentos do nosso catálogo, podemos destacar: “O Ciúme”, “Amante por Um Dia” e “À Sombra de Duas Mulheres”, trilogia do diretor francês Philippe Garrel; “A Juventude” (indicado ao Oscar 2016), de Paolo Sorrentino; “As Mil e Uma Noites”, trilogia do cineasta português Miguel Gomes; “Paterson”, de Jim Jarmusch; “Visages Villages” (documentário indicado ao Oscar 2018), de Agnès Varda & JR; "A Grande Dama do Cinema", de Juan José Campanella; “A Árvore dos Frutos Selvagens”, de Nuri Bilge Ceylan (diretor vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes);  “De Amor e Trevas”, da vencedora do Oscar Natalie Portman; “Nahid: Amor e Liberdade”, de Ida Panahandeh; "Vingança" de Coralie Fargeat; “De Punhos Cerrados” (cópia restaurada do original de 1965), “Sangue do Meu Sangue” e o inédito "O Traidor" (Seleção Oficial em Cannes 2019, com previsão de lançamento para Janeiro de 2020, no Brasil), de Marco Bellocchio; "Synonyms" (vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim 2019, em breve nos cinemas) de Nadav Lapid.


My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes