[Séries] Elite - Season 2





Elite: A febre espanhola que tomou conta da Netflix no ano passado está de volta.

Nesse começo de Setembro a Netflix lançou a tão esperada segunda temporada da série original espanhola Elite. Em sua primeira temporada, a série dirigida por Ramón Salazar e Dani de la Ordem trouxe o mistério da morte de Marina, entre flashbacks e depoimentos dos personagens descobrimos no último episódio quem havia matado Marina e com um enorme cliffhanger ficamos com aquele gostinho de quero mais, e agora é possível descobrimos o que aconteceu após a injusta prisão de Nano.

A série resolve continuar com o formato de 1) Um mistério, 2) Flashbacks e 3) Depoimentos e desfecho, o que no começo eu achei ruim, mas depois vi que talvez se a série se manter fiel a esse formato, mas introduzindo algo a mais, pode sim dar certo.

A direção e o roteiro têm seus problemas, porém a série funciona mesmo assim, temos furos, erros de continuação, mas parece que tem algo que simplesmente bloqueia isso e você não se importa tanto. Se tivesse uma direção e roteiro um pouco mais polidos talvez Elite conseguisse chegar até mesmo em grandes premiações, pois em outros pontos a série tem uma grande qualidade.

Em relação a parte artística da série é tudo bem detalhado e bem feito, o figurino, a construção, a montagem, podemos jogar até a edição nesse meio, pois ela acaba trabalhando a favor com essa parte, enquanto ela acaba sendo um tanto prejudicial em combinação com o roteiro e a direção.

Mas acredito que acabo sendo a voz de todos quando falo que o ponto forte de Elite é o tão desejado elenco, além de ser um dos elencos mais bonitos das séries da Netflix (faria todos), 90% dele entrega ótima interpretações de seus personagens, e nessa temporada, por exemplo, alguns que haviam ficado com algo mais caricato na primeira temporada mostram uma ótima evolução e ganha um destaque positivo nessa atual temporada.

Na primeira temporada as atuações que eu destacaria como as melhores seriam, María Pedraza (Marina), Ester Expósito  (Carla) e Mina El Hammani (Nadia), já nessa segunda temporada eu posso apontar muito mais do que 3 performances, Ester e Mina continuam perfeitas, inclusive um adendo de que Ester Expósito entregou, na minha opinião uma das melhores atuações do ano, para uma série teen/adult igual Elite, ela teve um desempenho incomum e por isso se destacou e brilhou mais que o resto do elenco, a construção do personagem foi muito interessante e ela nos mostrou que Carla era a vilã que não sabíamos que precisávamos. Outros destaques além dos que eu já apontei são de Danna Paolo (Lu), Omar Ayuso (Omar) e Alvaro Rico (Polo), todos esses roubaram a cena e entregaram ótimas performances, os outros até foram bem, mas não no mesmo nível.

A adição dos personagens novos foi bastante interessante, porém dentre os 3 apenas Cayetana e Valério acrescentaram algo na trama, inclusive Georgina, intérprete de Cayetana também entregou uma boa atuação, já Rebeca foi uma personagem muito mal aproveitada, se ela não estivesse lá, infelizmente não teria feito diferença.

Concluindo, Netflix tem uma ótima oportunidade de expandir ainda seu catálogo espanhol com esse Buzz de Elite e La Casa de Papel, ambas sendo aclamadas pelo público e crítica. Elite manteve seu nível e chegou a entregar algo melhor do que sua primeira temporada, com o estrondoso sucesso, Elite já está tendo sua terceira temporada gravada e tem data de estreia prevista para o segundo semestre de 2020.

Escrito por Daniel Gomes.

My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes