[Filmes] Simonal




Quando se fala de filmes brasileiros sempre ficamos com certo receio e com “Simonal” não é diferente, ainda mais por se tratar de uma biografia, mas o filme consegue superar as expectativas. O longa conta a história do emblemático Wilson Simonal, sua ascensão, queda e como era fazer música em época de ditadura no Brasil.

Como qualquer drama nacional a carga emocional é passada de forma muito intensa, parecendo forçada em determinados momentos e situações, as atuações no geral são boas e conta com muitos veteranos das grandes telas, como: Leandro Hassum  dando vida a Carlos Imperial, Isis Valverde interpretando a adorável Tereza e Silvio Guindane, como Moran. O papel principal fica para Fabrício Boliveira que representou bem o interprete de “Meu limão, meu limoeiro” e pôs em cena toda sua malandragem.

Apesar de o filme acabar de uma forma inesperada, nada é deixado em aberto, há lealdade com a veracidade dos fatos, mas tudo passado de forma bem cinematográfica, o que faz você ter diversos sentimentos pelos personagens ao longo do filme.

O figurino, por Kika Lopes, é incrível e transpassa a beleza do estilo dos anos 60/70, a fotografia (Pablo Baião) seguindo os padrões da época é admirável, o Roteiro, de Geraldo Carneiro, por ser uma biografia, não é pesado e é bom de assistir, já que está sempre acontecendo alguma coisa.

“Simonal” é um filme bom, na média dos filmes de drama e bibliografias nacionais, te faz sentir raiva e ao mesmo tempo ter empatia pelos personagens, ajuda a conhecer os bastidores da  musica dos anos 70, compreender ou simplesmente se rebelar contra Wilson Simonal e sua arrogância. O filme tem como data de estreia o dia 8 de agosto em todo o Brasil.

FICHA TÉCNICA:
Direção: Leonardo Domingues;
Nacionalidade: Brasil;
Gênero: Drama, Bibliografia;
Produção: Pontos de fuga, Forte filmes, Globo filmes;
Estreia: 8 de agosto de 2019.

POR: AMANDA DIAS

My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes