Por Trás do Som: Giulia Be - A Revelação do Pop Nacional

Hey, Desconexão Leitura! Eu sou João Victor e apresento hoje este lindo Por Trás do Som ou "Behind the Sound" pois estamos falando de uma menina Too Bad, a bilíngue, a revelação musical: Giulia Be! Chega de enrolação e boa leitura.






Giulia Bourguignon que nasceu em 13 de agosto de 1999 no Rio de Janeiro, começou sua carreira bem recentemente, no ano passado com covers na internet de Victor Kley, 1KILO, Kell Smith, Alice Merton, entre outros que contabilizam milhares de visualizações e foram responsáveis pela ascensão da cantora que logo em seguida assinou contrato com a Warner Music.




Giulia sempre teve contato com a música, desde pequena tocava violão e piano mas só recentemente descobriu sua vontade e oportunidade de cantar que surgiu de maneira bem especial, num meet and greet da banda Maroon 5, a cantora conversou com os artistas e soltou o vozeirão, que sem dúvidas os encantou e fez o guitarrista James Valentine dar o conselho que mudaria sua vida.


"Os caras chegaram falando: you gotta do this in your life - você precisa fazer isso na sua vida". Disse Giulia em entrevista ao canal de música do Multishow.





Apesar de muito nova na música, a cantora vem conquistando seu reconhecimento. Com "Too Bad", sua primeira música de estúdio, Giulia ficou nas 50 virais do Brasil no Spotify, além da canção ser trilha sonora na novela "O Sétimo Guardião". O guitarrista do Maroon 5 nunca esteve tão certo.



Devo confessar que assim que me deparei com seu primeiro trabalho, acreditei que fosse uma norte americana ou britânica pelo som eletrônico ser tão forte nesses países, além do perfeito inglês. Ainda posso comparar facilmente com Bebe Rexha e Ellie Goulding, por suas vozes parecidas e excelência mesmo nas primeiras aparições. Questionada pelo 'Música Multishow' sobre os desejos de futuros trabalhos e a pretensão do público de cantar em inglês a cantora afirma:

"Eu tenho vontade de lançar músicas com conteúdo, músicas que falam sobre amor e sobre a vulnerabilidade de ser você mesma numa sociedade que não te leva a isso".

A cantora vêm se destacando e entrando no  conceito de composições e batidas diferentes que evidenciaram sua entrada para a Warner Music. Junte todos estes componentes: talento+benção de artista internacional+ esforço+inglês perfeito = Giulia Be.





Giulia afirma que sua ascensão é o mesmo caso que aconteceu com Justin Bieber e vários artistas depois: a típica história dos covers na internet que fazem sucesso e transformam um anônimo num popstar.

"A internet como ferramenta fez uma democratização da música incrível! [...] a música tá mudando a forma que é consumida". Afirma Giulia para o canal de música do Multishow.






Recentemente lançou seu segundo single, dessa vez em português, "Chega" é uma música que traz um pouco imagem de "too bad" e acredito que pode se transformar na identidade visual e sonora da cantora. O clipe já acumula 1 milhão e meio de visualizações e tem tudo pra dar certo e alavancar a carreira desta talentosa mais ainda.



Texto: João Victor Carneiro
Compositor, escritor e técnico de negócios
Instagram: @joaoo.victtor13



My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes