[CRÍTICA] After



Talvez muitos não saibam, que o filme After é baseado em um best sellers publicado inicialmente na plataforma Wattpad como uma fanfic do One Direct, uma banda adolescente estilo Blackstreet Boys. Devido seu grande sucesso de  views e leitores no app rendeu a autora Anna Todd um contrato e a publicação do livro físico pela Gallery Books em 2014.

A série After é composta por seis livros e conta a jornada da protagonista Tessa Young ao sair da barra da saia da mãe controladora e seguir para a faculdade. Ao chegar na faculdade a jovem se ver em um mundo novo que a seduz mesmo sendo tudo o que sua mãe tentou fazer com que ela não se envolvesse. Tudo se intensifica com o seu envolvimento com o bad boy Hardim Scott,o que muda tudo na vida dessa universitária. Em contra partida Hardim é um jovem problemático com sérios transtornos de personalidade e agressivo. O famoso primeiros punhos e depois conversa, talvez seja essa a receita do sucesso da série, o jovem traumatizado e incompreendido criando uma relação com a jovem inocente, virgem e em busca de seu lugar ao mundo.

Como um leitora apaixonada a alguns anos li a série completa excluindo o livro Before que é uma versão do Hardim da história. Não lembro o por quê de não ter lido o ultimo livro da série New Adult. A leitura é intensa e viciante, faz com que o leitor entre em um frenesi do inicio ao fim. Prova disso foi fiquei quase uma semana sem dormir até termina a série. Acreditem, quase apanhei da "mamis poderosa"!

Quando descobri que lançaria a versão cinematográfica fiquei em êxtase e um pouco temerosa com abordagem dos diretores e produtores. É sempre uma decepção em alguma parte do filme a abordagem.

O filme se fosse fielmente a obra deveria ter uma faixa etária maior devido algumas cenas intensas do livro. Como o é livre a classificação foi romantizado e atenuado a cena clímax do filme.
O Hardim apresentado no filme é apaixonante, até doce. Acredite se quiser!

Todos os cenários foram perfeitamente ambientados ao livro, ao ponto que me senti relendo o livro de tão igual a minha imaginação dos ambientes.
A tradicional licença poética alterou a dinâmica dos personagens. Mas isso só tornou a trama realista e não fantasiosa como é na maioria dos romances.
Há um foco excessivo no romance e na sexualidade do casal o que deixa o filme lento. Por outro lado autora no livro proporciona ao leitor a experiência de viver no limite com os personagens.

A fotografia do filme foi excelente, a atuação da atriz Josephine Langford ( Tessa) foi um destaque da trama, a forma como foi trabalhado toda a história que me surpreendeu, em alguns momentos até superior ao livro. Uma trilha sonora de apaixonante e que insere o telespectador na atmosfera romântica  A decepção foi atuação do ator Hero Fiennes-Tiffin ( Hardim) senti falta de selvageria e calor que é descrito no livro. Faltou o sexy appeal na atuação o que descaracterizou o personagem que é amado e odiado pelos leitores devido a sua personalidade explosiva.



Se você amou Crepúsculo vai amar o filme, se você odiou irá gostar pela maturidade da história e porque é um romance interessante que mostrar que o amor pode começar com a uma paixão em comum, neste caso a literatura. Fãs dos livros Belo desastre, Meu e até 50 tons de cinzas iram se encantar por After. Não deixe de conferir hoje nas principais salas de cinema.

Ficha de Técnica:



Título Internacional: After
Distribuído: México, Argentina, Colômbia, Peru, Bolívia, Brasil, Chile
Gênero: Romance
Atores: Herói Fiennes Tiffin, Josephine Langford, Jennifer Beals, Peter Gallagher, Selma Blair, Samuel Larsen, Dylan Arnold, Inanna Sarkis, Shane Paul McGhie, Swam Temmel, Pia Mia, Trovão Vermelho de Khadijha
Diretor: Jenny Gage

Data de lançamento: 11 de abril de 2019


Escrito por Djamila Farias

Estudante de Engenharia de Produção e idealizadora do site Desconexão leitura






ACESSE TAMBÉM NOSSAS REDES SOCIAIS




My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes