Por Trás do Som - Maite Perroni - A rainha mexicana [ESPECIAL MÊS DA MULHER]




Olá galera do Desconexão, quantas saudades eu senti de estar aqui com vocês escrevendo minha opinião sobre as músicas executadas no momento ou dos artistas que mais me identifico. Por tal motivo, hoje venho aqui falar de uma das mulheres que eu, particularmente, sou um fã desde meus 9 anos de idade... ( ops... entregando minha idade, rs). Eu estou falando nada mais e nada menos do amor latino da minha vida, MAITE PERRONI!

Falar sobre essa mulher depois de tanto tempo, sobre RBD e sobre seu último single Soltera é simplesmente uma honra, afinal, quem melhor que eu para saber da carreira dela desde a época de gravata vermelha (2004), sua saída de pobre coitada apagada nos tempos REBELDES com seus ex-companheiros e se tornar uma das principais artistas mexicanas de todos os tempos e a mais exitosa do seu ex grupo, RBD. Então, vamos lá!?

Maite Perroni Beorlegui, nascida na Cidade do México, 9 de março de 1983 é uma das mais famosas e exitosas atrizes mexicanas, com mais de 9 novelas no currículo pelo Canal De Las Estrellas – Televisa, sendo Rebelde a mais importante de sua carreira e, coincidentemente  foi a sua estreia na televisão mexicana. Maite também tem outros grandes trabalhos renomados internacionalmente como La Gata, Cuidado Con El Ángel, Mi Pecado, Triunfo Del Amor etc. Todas essas novelas foram exibidas no Brasil e tiveram grande ascensão do público brasileiro e abrangendo seu nome para outras faixas etárias, consolidando um grande público desde o juvenil ao mais adulto. 
  
Perroni já foi indicada a vários prêmios da indústria cultural, tendo  como destaque o Prêmio TVyNovelas, Prêmios People en Español, Premio Lo NuestroPremios Juventud. Também já apareceu três vezes na lista dos rostos mais lindos do mundo do TC Candler, chegando à ocupar a décima posição em 2014. Com uma carreira incrivelmente sólida, Maite é considerada pela mídia mexicana como a representante da nova geração de talentos latinos. No ano de 2015, foi considerada pela revista People en Español como um dos 50 latinos mais influentes do mundo e pela revista estadunidense Variety.

Como não bastasse, Maite Perroni passou a ser conhecida como a RAINHA das telenovelas mexicanas, além de demonstrar uma grande aptidão artística. É apresentadora, cantora, compositora, dubladora, dançarina, produtora e filantrópica. Mas, de fato, seu melhor desempenho para nós fãs é, sem dúvida, seus trabalhos como atriz e cantora. Inclusive, como lançando um novo single chamado Soltera, seu recente trabalho em gênero urbano e reggaetón.  

Soltera (que não é o caso, já que está muito bem casada com o produtor musical Koko Stambuk, rs) é a sua nova aposta musical para substituir a música ROMA, lançada recentemente seu videoclipe com a participação do rapper Mr. Rain e que já vem recheada de questionamentos devido a sua letra não ser um tanto “adequada”, sendo considerada por alguns, inclusive fandoms de machista por conta um trecho que atinge diretamente ao movimento feminista, dando a impressão que o movimento é algo que careça de deslegitimação. Porém, a música tem uma boa sonoridade e é bem “movida” sendo promovida e distribuída pela Warner Music México. 
 Maite é sem dúvida uma excelente artista e muito bem dedicada ao seu trabalho tendo um enorme público internacional e sendo o Brasil seus fãs mais fieis que cultivou através de anos e mostrou que nunca precisou viver a sombra da Lupita Fernandéz, sua primeira personagem na novela Rebelde. Conquistou seu espaço ao público latino e hoje se vê preparada para alçar o mercado norte-americano desde o sucesso de seu último álbum de estúdio Eclipse de Luna (2013), sendo y yo sua música mais conhecida.


Seus singles reggaetoneros como, Loca, que já conta com mais 250 milhões de views, e é sua maior música desde seu lançamento como artista solo e Bum bum Dale Dale que foi feita entre uma Coprodução e parceria México e Brasil, tendo em sua produção os brasileiros Pablo Bispo, Ruxell e Sérgio Santos e apostando num beat com uma pegada forte do nosso funk nacional. 

É certo que Maite é o maior nome do México no Brasil e quiçá no mundo, com talento, entusiasmo, eu afirmo que ela é a maior prova de que com dedicação, amor, carinho e trabalho árduo você pode almejar grandes espaços no mundo e ser notavelmente reconhecido, afinal, para quem acompanhou sua carreira desde o RBD, sabe que Maite Perroni mostrou sempre quis mostrar todas as suas grandes habilidades e ser fazer notada além de seu antigo grupo e de sua personagem que sempre foi um tanto desvalorizado para se tornar a MAIOR entre todos eles. Maite com certeza merece o título de Reina Mexicana. 
 

Escrito por Pablo Barreto.
Artista, blogueiro, produtor cultural, bailarino e
 graduando em Bacharelado
 em Produção Cultural


Instagram.com/@Pablobarr






ACESSE TAMBÉM NOSSAS REDES SOCIAIS:












My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes