Notícias:CENTRO DE ARTE NÓS DA DANÇA OFERECE BOLSAS DE ESTUDO PARA RAPAZES QUE QUEIRAM SE TORNAR BAILARINOS


  • Projeto “Homens na Dança” existe há 20 anos e já atendeu a mais de 1.200 jovens
  • Audições acontecem em 21/2 na sede da escola, em Copacabana

Numa época em que ainda se acredita que rosa é para meninas e azul para meninos, o preconceito contra homens que dançam é uma realidade. Para quebrar velhos estigmas da sociedade, o Centro de Arte Nós da Dança (CAND), em Copacabana, que completa 30 anos este ano, promove no dia 21 de fevereiro, a partir das 13h, a audição anual do projeto Homens na Dança, que oferece bolsas de estudo integrais para jovens talentos do sexo masculino.

Cerca de cem rapazes, entre 17 e 30 anos, de todo o Brasil são aguardados para o processo seletivo deste ano, que conta com uma audição seguida de uma entrevista em que os candidatos contam um pouco de sua trajetória. A avaliação é feita por uma comissão formada por professores do CAND e quesitos como idade, as condições físicas e o potencial artístico são levados em conta.

Ao longo 20 anos, o projeto atendeu a mais de 1.200 jovens e formou inúmeros alunos, entre eles Alex Neoral (Focus Cia. de Dança - RJ), Roberto Dias (ABC Dance Company - Miami), Edilson Roque (Centre des Arts Vivants - Paris), Élcio Mattos (musicais), Alan Resende (musicais), Felipe Sousa (Escola do Teatro Bolshoi no Brasil - SC) e muitos outros bailarinos, professores e coreógrafos profissionais.



A maioria começou do zero e, ao longo de três ou quatro anos, passou por todas as modalidades, do balé clássico à dança moderna. Atualmente, cerca de 60 rapazes remanescentes de outros anos fazem aulas duas vezes por semana e muitos já trabalham na comissão de frente de escolas de samba, em musicais e em campanhas publicitárias.

“É um projeto que nos orgulho muito. Queremos potencializar a participação dos homens na dança e colocá-los no mercado de trabalho como profissionais”, explica Regina Sauer, diretora do Centro de Arte Nós da Dança junto com seu marido Fernando Filetto e filho Lucas Sauer. “Antigamente, havia garotos que eram até expulsos de casa porque queriam ser dançarinos. Isso melhorou bastante, mas a participação deles ainda é minoritária nas salas de aula e nos palcos”, conta.

As inscrições para a audição podem ser feitas por meio do formulário https://goo.gl/forms/GUeM7DQqbEqTBzlp1 ou no dia da audição no próprio Centro de Arte Nós da Dança.

Mais Informações: www.cand.com.br | (21) 2287-2322 e 2523-0089
Facebook e Instagram: @nosdadanca
Cand: Av. Nossa Senhora de Copacabana 1138, sobreloja.
   

My Instagram

Copyright © Desconexão Leitura. Designed by OddThemes