13/08/2018

Saiba tudo que rolou no primeiro final de semana da Bienal Internacional do Livro de São Paulo 2018

Agitação e movimentação no stand da Editora Rocco.
.
No primeiro final de semana da Bienal Internacional do Livro de São Paulo, foi movimentada e agitada de leitores ávidos por novidades literárias, buscando autógrafos dos autores consagrados, marcado por filas e longas esperas. Respeitando uma programação intensa na agenda diretamente no site da Bienal, os organizadores comemoram as vendas de ingressos, mediante uma abordagem grande de livros em promoção.


Lançamento da Antologia Relacionamentos Virtuais, The Books Editora,
 com participação de vários autores.
Várias editoras lançando antologias e livros de autores conhecidos e desconhecidos. Com participação no domingo, dia 05 de agosto, no lançamento da Antologia Relacionamentos Virtuais, The Books Editora, marcando uma nova fase como autora, juntamente, com a participação de vários outros autores, expertise, de quem está na estrada à longa data, realização de um anseio como iniciante na escrita.

Garimpando novidades no mundo literário, crianças e jovens marcaram uma presença maciça, neste dia, desfrutando da companhia dos familiares, importante incentivo para quem está começando a conhecer os livros, viajando pelo mundo, sonhando com lugares e personagens de diferentes perfis de estilo e de vida.
Editora Leya premiando leitores.
Conversando com alguns autores que vem participando das últimas edições da Bienal, mesmo com uma redução significativa na quantidade de expositores, editores e livrarias, a Bienal tem apresentado uma procura cada vez maior na divulgação de eventos a vislumbrar o prazer pela leitura via mundo digital.

Presença marcada, 
A Incrível Máquina de Livros,
trocando livros.
A Bienal do Livro no Brasil nasceu de uma tradição europeia das feiras de livros, na França, Itália e Alemanha. A primeira Bienal Internacional aconteceu em 1970, no Pavilhão do Ibirapuera, com grande foco para estudantes em período escolar. Antes desta data, na região central de São Paulo a exposição e apresentação cultural acontecia mediante Feira Popular de Livros. Em 2006, com novo endereço, a Bienal Internacional do Livro dentro de um conceito arrojado, com uma visão de mercado amplo e pronto para atender com maior conforto e espaço a Bienal, na Região de Santana, no Parque Anhembi.

A 25ª Bienal Internacional do Livro reúne encontros e lançamentos culturais, palestras e sessões de autógrafos, atendendo um anseio cada vez mais expressivo daqueles que buscam nos livros, lazer e conhecimento. Foi até o dia 12 de agosto, com vários autores internacionais e nacionais marcando presença, veja a programação, www.bienaldolivrosp.com.br






Marisa Relva

Postar um comentário

Mais visitadas

Obrigada pela visita volte sempre!

Outras Postagens