26/07/2018

CRÍTICA: MISSÃO IMPOSSÍVEL - EFEITO FALLOUT


Missão Impossível Efeito Fallout é uma dobradinha do diretor, roteirista e produtor Christopher McQuarrie que assume a criação de mais um filme da franquia. Agora com uma abordagem mais séria dos personagens, o espectador pode sentir um clima de suspense durante o desenrolar da história, grande mérito para o desenho de som do filme que utiliza de instrumentos clássicos para dar ainda mais emoção à película.

Depois de uma missão que dá errado, Tom Cruise e sua equipe do IMF engatam em uma busca incansável para recuperar a carga perdida. Trata-se de um objeto chave para que uma organização secreta de um velho inimigo, Salomon Lane, efetue mais um ato de terrorismo. Vividos por Ving Rhames e Simon Pegg, Luther Stickell e Benji Dunn tem papel fundamental no desenrolar do acerto de contas, com um toque cômico no desenvolvimento dos personagens que é essencial.



Para somar nesta equipe, a diretora da IMF(Angela Bassett) convoca August Walker que será uma espécie de supervisor das atitudes de Ethan Hunt que é julgado como inapropriado ao levar para as missões seus valores éticos conflituosos com a execução plena dos objetivos designados a ele. Seu mais importante valor é não assassinar, atitude essa que o personagem interpretado por Henry Cavill tem maestria.

Uma personagem que vota para abrilhantar-nos com sua ótima presença na tela é Ilsa (Rebecca Ferguson). Na trama encaixa-se como uma espiã de outra agência que, por amor, acompanha Ethan como um anjo-da-guarda, livrando-o de situações críticas de fuga. Aliás, que cenas de fuga são essas!? Lindas em seus cenários e muito inteligentes em suas alternativas de resolução.



Tom Cruise se apresenta muito em forma. Mesmo com a idade, seus 56 anos não parecem pesar nos momentos de corrida e flexões no ar. É impressionante sua dedicação e o fato de não usar dublês é louvável. Ethan é desafiado: em sua sanidade mental, em sua capacidade física, principalmente na sustentação de seus valores éticos. A relação com um grupo de criminosos para concluir a missão não é fácil, mas de tudo vale para deter Solomane Lane e evitar mais um ato terrorista.

Sandro Demarco
Cineasta, escritor, produtor e acadêmico


Postar um comentário

Mais visitadas

Obrigada pela visita volte sempre!

Outras Postagens