30/05/2018

Resenha: Dominada - Maya Banks


Dominada é o segundo livro da Série Enforcers que começou com Submissa. Nele, Evangeline, uma garota ingênua do interior e Drake, um milionário acostumado a ter sempre tudo o que quer, assinam um contrato onde Evangeline aceita ser submissa a ele em absolutamente tudo - desde a roupa que escolheria no dia-a-dia, a comida que comeria até, claro, entre quatro paredes.

CUIDADO A PARTIR DAQUI ALGUNS SPOILERS DO PRIMEIRO LIVRO

No fim de Submissa, vemos que Drake possuia muitos inimigos e, para que Evangeline não se torne um alvo, ele foi obrigado a humilhá-la e expulsá-la de sua vida para poder protegê-la. Se sentindo destruída, Evangeline some apenas com suas roupas.

O livro então começará com a busca frenética de Drake por Evangeline, seu anjo, para lhe explicar o por que de seu comportamento e tentar reconquistá-la. Com a promessa de protegê-la, consegue levá-la novamente para seu convívio, e teremos muitas cenas cheias de palavras quentes e posições picantes.


E é talvez aqui que o Livro de Maya Banks comece a se perder um pouquinho. Drake fez coisas inimagináveis à Evangeline e basta um simples "desculpe" e ela o aceita de volta de forma irrestrita e sem impor condições. E se ele de fato tentasse se redimir, ok, ficaria mais aceitável. Mas ele continua sendo autoritário e, por que não dizer? Um babaca.

As cenas são muito bem descritas, a escrita da autora é impecável, e há muitos personagens secundários que chamam nossa atenção pela construção, mas os protagonistas ... é muito difícil criar empatia por Drake, e Evangeline parece que a autora confundiu submissão e dominação na cama com falta de auto-estima de amor próprio.

Mas ainda temos esperança de que, no próximo livro da série, ela dê a volta por cima e coloque Drake em seu devido lugar, ou seja, de alguém que a valorize.

Recomendo.
Postar um comentário

Mais visitadas

Obrigada pela visita volte sempre!

Outras Postagens