02/04/2018

PROGRAMAÇÃO DE ABRIL DE 2018 - CCBB de São Paulo




CINEMA




17ª Mostra do Filme Livre
Local: Cinema
Até 16 de abril

Realizada desde 2000, a MFL se tornou uma das maiores mostras de cinema do Brasil, exibindo cerca de 200 filmes de todos os gêneros, formatos e durações, em mais de 70 cidades. Além dos filmes, realiza debates e o curso livre “Cinema e Memória”, com Hernani Heffner.
Classificação Indicativa de acordo com o filme.
Entrada franca mediante retirada de senha a partir de uma hora antes do início de cada sessão.
Veja mais em www.mostralivre.com 


Mostra José Lewgoy

Local: Cinema
18 de abril a 07 de maio




A mostra homenageia um dos maiores atores brasileiros, exibindo 16 de seus filmes, entre nacionais e internacionais, que perpassam seis décadas de sua carreira no cinema. Falecido em 2003, o ator participou de mais de 100 filmes e 30 telenovelas, estando presente em diversas fases da cinematografia brasileira: das chanchadas da Atlântida ao cinema da retomada. José Lewgoy também contracenou com importantes ícones do cinema mundial como Claudia Cardinale e Klaus Kinski. Além da exibição de filmes haverá um debate com o curador da mostra.
Classificação Indicativa de acordo com o filme.

EXPOSIÇÃO





JEAN-MICHEL BASQUIAT
Obras da coleção Mugrabi

Local: subsolo, térreo, 1º, 2º, 3º e 4º andares
Até 7 de abril
9h às 21h
A obra de Jean-Michel Basquiat (Nova York, 1960-1988) personifica o caráter de Nova Iorque nos anos 1970 e 80, uma mistura de empolgação e decadência que criou um paraíso de criatividade. Basquiat era um dos poucos afro-americanos num mundo artístico predominantemente branco. Sua obra rapidamente evoluiu de uma evocação das ruas a uma profunda narrativa sobre a experiência de ser negro e as conquistas culturais dos negros.

Classificação Indicativa: livre.
Entrada franca.

Palestra
No dia 05 de abril, às 19h, perto do encerramento da temporada paulistana da exposição, o curador Pieter Tjabbes fala sobre a trajetória do artista e descreve também os bastidores e desafios de trazer aos quatro CCBBs um dos acervos mais disputados em todo o mundo.

Classificação Indicativa: livre.
Entrada franca, mediante retirada de senha 01 hora antes do início.

Visitação com hora agendada
Opção de visitação com hora agendada pelo aplicativo “CCBB” (Apple Store e Google Play) e em culturabancodobrasil.com.br ou na bilheteria do CCBB, mediante disponibilidade.

Guia Auditivo
Complemente sua visita utilizando o audioguia, disponível por meio do aplicativo “CCBB” para celulares (Apple Store e Google Play).

Ex Africa
Local: subsolo, térreo, 1º, 2º, 3º e 4º andares
28 de abril a 16 de julho
9h às 21h

Exposição que traz ao CCBB pela primeira vez um grande e essencial panorama da arte contemporânea do continente e da identidade da África moderna, marcada por uma diversidade de encontros culturais e interações, por processos de intercâmbio e aculturações, através da recente produção de 18 artistas, vindos de 8 países africanos. A eles se juntam também dois artistas afro-brasileiros, Arjan Martins e Dalton Paula.
28 de abril, às 11h - Performance de Jelili Atiku, “Alaagba”
Alaagba é o título do performance e instalação do artista nigeriano Jelili Atiku, que integra a exposição Ex Africa. Com referências diretas à ética da religião, valores e prática de Egungun, o tema da performance é reabrir e revisitar discussões sobre a questão da descolonização da África, através de processos performativos de etutu (rituais) de limpeza. Atiku leva o público para um passeio ao ar livre e convida o espectador a acompanhá-lo neste caminho, que é concluído em sua sala dentro da exposição.
Classificação Indicativa: livre.
Entrada franca.

Palestra
No dia 29 de abril, às 15h, Alfons Hug, curador da exposição, discute a produção artística e os caminhos entre Brasil e África, juntamente com um artista convidado, passando pelos desafios e aproximações entre ambas as nações no mundo contemporâneo.

Classificação Indicativa: livre.
Entrada franca, mediante retirada de senha a partir de 1 hora antes do início.

Visitação com hora agendada
Opção de visitação com hora agendada pelo aplicativo “CCBB” (Apple Store e Google Play) e em culturabancodobrasil.com.br ou na bilheteria do CCBB, mediante disponibilidade.

Guia Auditivo
Complemente sua visita utilizando o audioguia, disponível por meio do aplicativo “CCBB” para celulares (Apple Store e Google Play).

PROGRAMA EDUCATIVO

Local: Térreo
1 a 30 de abril
Quarta a segunda

O Programa CCBB Educativo oferece atividades com diferentes linguagens para o público de todas as idades: Visitas Mediadas, Contação de Histórias e Atividades Práticas.

Até dia 07 de abril, as atividades dialogam com a exposição “Jean-Michel Basquiat” e a partir do dia 28, dialogam com a exposição “Ex Africa”.

-------------------------------------------------------

Agendamento de Grupos

O agendamento de grupos à exposição pode ser feito pelo telefone (11 3113-3649). Classificação indicativa: livre
Entrada franca.

-------------------------------------------------------




TEATRO



Hoje o Escuro Vai Atrasar Para Que Possamos Conversar
Local: Teatro
Até 23 de junho
Sábado, 11h


Primeira incursão do Grupo XIX de Teatro no universo infanto-juvenil, o espetáculo metaforiza os acontecimentos pelos quais passam os habitantes de determinada vila perdida no tempo, mais precisamente o fato de que ali se extinguiu todas as espécies de animais, para falar de temas como o preconceito, a intolerância, a natureza e seus implacáveis desígnios. Criação: Grupo XIX de Teatro; Dramaturgia: Ronaldo Serruya; Direção: Luiz Fernando Marques (Lubi) e Rodolfo Amorim; Direção Musical: Tarita de Souza; Atores-criadores: Janaina Leite, Juliana Sanches, Ronaldo Serruya, Rodolfo Amorim, Tarita de Souza.
Duração: 50 min
Classificação indicativa: livre







Palhaços
Local: Teatro
Até a 7 de maio
Sábado e segunda, 20h
Domingo, 18h


Dia 28 de abril a apresentação será acompanhada por tradução para Libras - Língua Brasileira de Sinais.


O espetáculo narra a história do palhaço Careta, que tem sua rotina alterada ao se deparar em seu camarim com o espectador Benvindo, um vendedor de sapatos. Os dois conversam sobre suas vidas, desestabilizando crenças e valores e se questionam sobre suas escolhas. Palhaços é um convite à reflexão sobre o verdadeiro papel do artista, o que faz com que o público ultrapasse o espaço da lona, do espaço cênico, para ver de perto o verdadeiro palhaço. Texto de Timochenko Wehbi, direção de Alexandre Borges e atuação de Fioravante de Almeida e Dedé Santana, ícone do humor brasileiro, com décadas de trajetória nas artes da interpretação e na cena circense.
Duração: 60 min
Classificação indicativa: 12 anos



Mostra Solos e Monólogos no CCBB
Local: Teatro
Até 18 de maio
Quarta a sexta, 20h
19 a 21 de maio
Sábado e segunda, 20h
Domingo, 18h


A Mostra reúne espetáculos cênicos inscritos no Edital de Seleção Pública de Projetos Culturais do CCBB. Em março, a mostra apresentou o espetáculo “Como Todos os Atos Humanos” (SP). A cada semana de abril e maio ocorrem três sessões dos espetáculos: “Homem Bomba” (MG); “Coisas Boas Acontecem” (MG); “Sapato Bicolor” (MG); “Descrição de Imagem/Estudo de Paisagem” (SP); “A Hora e Vez” (SP); “Eugênia” (RJ); “Ffobia Setor” (SP) e “Galo índio” (SP).
Verifique a classificação indicativa e a duração de cada espetáculo


=============================


Ação de Formação de Público


Palhaços: “Bate-papo com diretor e elenco”
Local: Teatro
23 de abril
Segunda, após sessão do espetáculo (20h)


O bate-papo acontece após o espetáculo quando diretor e elenco conversam com o público sobre o processo criativo de Palhaços.

Classificação indicativa: 12 anos.
Entrada franca, mediante retirada de senha a partir de 1h antes do início do espetáculo.


Mostra Solos e Monólogos no CCBB: Debate com o crítico teatral Welington Andrade
Local: Teatro
18 de abril
Quarta, após apresentação do espetáculo “Sapato Bicolor”
19 de maio
Sábado, após apresentação do espetáculo “Galo Índio”
Classificação indicativa: 14 anos.



Postar um comentário

Mais visitadas

Obrigada pela visita volte sempre!

Outras Postagens