05/02/2018

Resenha: A máquina de contar histórias - Maurício Gomyde



Oi gente! Hoje trago a vocês mais um autor nacional: Maurício Gomyde. E olha só que bacana, a história é sobre um escritor best seller, Vinícius Becker (entenderam? Um escritor escrevendo sobre um escritor). Seu novo livro, “A máquina de contar histórias” – e que também intitula o livro – é um sucesso.

Vinícius está acordando, de ressaca, no hotel em que passou a noite após o lançamento de seu novo livro, o décimo, quando resolve ligar seu telefone e vê que tem uma grande lista de chamadas não atendidas. Dezenove delas. Todas de sua filha adolescente Valentina.

Era isso. Sua esposa Viviana, que vinha há quatro anos lutando contra uma doença grave, havia falecido. E ele não estava lá, nem com Valentina, nem com Vida, a filha mais nova do casal.
A verdade, é que apesar de Vinícius escrever histórias cativantes, elas eram todas construídas de forma mecânica, baseadas em técnicas para encantar, emocionar, vender. E, na rotina rígida que Vinícius se auto impôs, as vezes acabava sobrando muito pouco tempo para as filhas, ou para a esposa doente. E isso, Valentina não iria perdoar.


O que fazer? Vinícius admite sua ausência. Mas como reconquistar o amor das filhas? É assim que Vinícius resolve entrar em uma viagem cheia de significados ocultos com as duas filhas, a fim de tentar cicatrizar as feridas latentes, e conhecer melhor as duas pessoas que mais importam em sua vida: suas duas filhas.


A história é muito bonita e bem escrita, a capa ficou um mimo (vocês o que acharam?) e também parece que o nome da família inteira começar com “V” foi não só proposital, mas utilizada como uma forma de dedicatória, já que o autor oferece o livro para Mi, Ma e Manu (muuuuuuiittoo ffoffo!).

Mas... não gostei muito do argumento da história. Não consegui criar empatia nenhuma pelo tal Vinícius (COMO assim ele deixa a mulher morrendo e vai lançar um novo livro?!?!?!?!?) e não consegui acreditar no final. E, bom, pelo menos para mim, uma história ficcional precisa me convencer, principalmente as que não são fantasia.

Mesmo assim, recomendo, é uma leitura fácil, terminei o livro em um dia, e contém algumas lições valiosas. Abraços e até a próxima.

Postar um comentário

Mais visitadas

Obrigada pela visita volte sempre!

Outras Postagens