29/01/2018

[CLUBE DE TEMAS - Janeiro Terror] Resenha: O Iluminado - Stephen King


   Como vocês devem saber esse é o primeiro livro do desafio do Clube de Temas, em queo tema foi terror. Espero que gostem e visitem os outros participantes no final desta resenha.

   Jack Torrance é um escritor e professor decadente, que acaba descontando suas frustrações no fundo de uma garrafa, o que o deixa desempregado e faz com que seu casamento fique sob o fio de uma navalha.

   Quando um dos antigos amigos, um dos poucos que ainda não desistiram dele por completo, consegue para Jack uma entrevista de emprego no hotel Overlook, onde estão precisando de um zelador, este parece o emprego perfeito: Jack pode se mudar para lá com a família, terá tempo para se dedicar a seu novo romance e, o mais importante: não há uma única gota de álcool em todo o hotel.

   Além disso, parece um bom local para o filho do casal, Danny, que sofre com crises de epilepsia e parece “ausentar-se” em alguns momentos, o que assusta consideravelmente o casal. Mas as coisas acabam não saindo como o esperado. Acontece que Danny é o que se pode chamar de “iluminado”. Ele vê, sente e ouve coisas que as outras pessoas não conseguem ver e sentir. E O Hotel Overlock não é apenas um hotel. Há um mal antigo rondando os corredores, espreitando e esperando, esperando e espreitando ...



   A presença de Danny faz o antigo mal do Overlock despertar e aumentar, transformando o que deveria ser o recomeço de uma família num pesadelo horrendo, onde forças poderosas lutam para alcançar seu intento sombrio, e parece que é a Danny que eles querem, e que não descansarão até conseguirem.


   O livro é repleto de suspense do início ao fim, um suspense tenso, longo, que o faz querer olhar os cantos do quarto antes de dormir, pois as sombras podem começar a parecer assustadoras  enquanto você prossegue na leitura. Ainda hoje, acho difícil encontrar outras obras que me façam sentir a mesma ansiedade pelo desfecho da descrição de um momento, como me sinto quando volto novamente às páginas desta obra de Stephen King.


   Minha última re-leitura desta obra foi agora em 2017, quando adquiri a nova edição lançada no mesmo ano pela Summa de Letras e que, confesso, foi a capa que eu mais gostei! Além disso, a fonte utilizada e o papel, daquele amarelo, fazem com que a leitura seja muito mais prazerosa. Merece com certeza cinco estrelas e, se você também for fã de suspense e terror, não deve deixar de ler.

Resenhas dos outros membros do Clube de Temas

 Alfarrábios Literários/Resenha: Estrada da Noite - Joe Will

A menina que comprava livros/Resenha: A pedra pagã - Nora Robert

Respire Leitura/Resenha: O vilarejo -Raphael Montes

Faces de uma capa/Resenha: O legado de Sangue - Alfer Medeiros

Garotas devoradoras de Livros/Resenha: Meia noite - Daniel Henrique

Alfas Literárias/Resenha: O Culto - D.A.Potens


Tell me a Book/Resenha: Caixa de Pássaro - Josh  Malerman


Sou Aficcionado/ Resenha: Sementes no Gelo - André Vianco

Every Little Book / Resenha: Amityviller-Jay Anson


Postar um comentário

Mais visitadas

Obrigada pela visita volte sempre!

Outras Postagens