10/04/2017

Resenha: Wicked - Gregory McGuire

 


A história do mundo de Oz sempre me encantou desde de pequeno. Lembro até hoje da primeira vez que vi Judy Garland na tela da tv e fiquei fascinado com todo os mínimos detalhes do filme, e após isso já queria colecionar tudo que envolvesse Oz.


Sempre conheci o mundo de Oz, pela visão de Dorothy, a menina do Kansas que só queria voltar para casa, mas e a Glinda? E a bruxa má do Oeste? Qual seriam as suas histórias? E o que realmente fez a bruxa má odiar Oz?

Em Wicked, conhecemos a história de Elphaba, a tão conhecida como bruxa má do oeste, uma menina que sofreu bullying e perseguições desde da sua infância, por ter nascido verde e com dentes pontudos. A vida com mãe que sentia vergonha da filha por ser diferente e a escondia de toda vila, o único que de certa forma ainda demonstrava a afeto a pequena Elphaba era o seu pai, um sarcedote que vivia em viagens.

Wicked para mim e um livro que tem um conteúdo completo, pois aborda vários temas como o da religião, pois por várias vezes o pai de Elphaba tem que fazer algumas escolhas abordando sua religião, o preconceito que ela sofre durante toda a infância até a vida adulta, entre outros..

Um dos temas que me chamou bastante atenção, foi o bullying sofrido pela personagem. A forma como as pessoas durante toda a história a tratam e como quando precisam usam de má fé para manipular a pobre personagem.

Wicked é um livro minimamente detalhado em todas as suas cenas, aonde faça com que o leitor se transporte para o mundo de Oz e descubra que as vezes as circustancias podem transforma uma pessoa.

Então, você quer descobrir o outro lado da história da bruxa má?
Postar um comentário

Mais visitadas

Obrigada pela visita volte sempre!

Outras Postagens