22/03/2017

Resenha: A garota dele - Simone Elkeles

   O segundo livro de uma série de adolescente, sendo que nesta conta a história de Vitor Salazar e de Monika Fox. Ambos estão no último ano do colégio, Victor e Trey são melhores amigos desde sempre, jogam juntos e estudam no mesmo colégio.

   Victor superestima seu melhor amigo por ser melhor aluno, ter uma garota incrível chamado de Monika Fox como namorada. Em contrapartida Vic é o garoto latino encrenqueiro e que todos acham que seu único futuro será participar de uma gangue ou acabar preso. Seu pai não dá a mínima atenção para ele e ele ainda tem duas irmãs uma a melhor aluna dá sala, educada e respeita a todos a outra esquentada, abusada e a verdadeira encrenca em forma de uma adolescente problemática e rebelde.
   Monika é uma líder de torcida namorada de Trey e guarda um segredo de todos inclusive de seu namorado, que ultimamente tem andado esquisito e misterioso, Ela não sabe o que está acontecendo mais está preocupada com ele e começa investigar com os amigos e com o próprio Trey.
No meio disso tudo uma tragédia acontece e o mundo desses jovens virá de cabeça para baixos, paixões antigas ficam à flor da pele e incontroláveis, os segredos sufocantes, saudade, a perda e só basta eles reescreverem suas vidas.
    A temática no livro é ao estilo a vários livros deste gênero como Ídolo Teen da Meg Cabot, Just listen - A garota que escode um segredo, Com vários dramas adolescentes, segredos, amores proibidos. Mas sua leitura é suave, em dupla narrativa, cada capitulo é narrado por um dos protagonistas. Demostra a complexidade das relações familiares, a superação dos personagens com o amadurecimento e as adversidades.
   Apesar de acha o livro legal tive uma certa dificuldade de ler ele porque atualmente não é o gênero que tenho gostado de ler, os personagens se completam e tem um ótimo entrosamento e são perfis que com certeza você pode encontra semelhanças com algum amigo. O livro é bem obvio e fácil de prever o final dele, igual a novela Malhação, neste quesito. A única parte que achei bem interessante é a doença que um dos personagens possui, que não sabia que atacava em jovens. O que acabou somando ao livro um lado instrutivo.
   Mesmo assim indico ele para presentear adolescente de 11 a 16 anos que acredito que irão amar. Mais livros são uma questão de identificação, eu não me identifiquei nele apenas senti saudades da época de colégio.
   Amores leiam e me diga o que acharam deste livro.

Postar um comentário

Mais visitadas

Obrigada pela visita volte sempre!

Outras Postagens