01/06/2016

Junho se apaixone!


   Amor uma palavra pequena ao meu ver, mas que carrega consigo um significado indescritível por palavras. Acredito que seja a linguagem do corpo, uma forma de duas pessoas trocarem entre si algo tão íntimo, tão envolvente, tão contagiante a ponto de perderem noção de tempo e espaço... 
   Muitas vezes pode ser simples, sublime e inocente, por outro lado é um sentimento que carrega os mais sórdidos detalhes de calorosas noites e madrugadas ao lado de quem se ama.
   O amor também pode ser representado da forma mais simples possível desde que sejam momentos verdadeiros.Como dividir a casquinha do sorvete, andar de mãos dadas na rua, prestar atenção em cada detalhe do rosto e do corpo do seu par como se fosse o teu último dia na terra, é acordar de manhã e olhar pro lado e ver aquela pessoa que você deseja e ama deitado do teu lado, é dividir o coberto em uma tarde de domingo fria com uma bacia de pipoca e duas xícaras chocolate quente que quando unidas formam a frase: “I Love you .“





  Momentos como acordar no meio da madrugada só pra dizer “eu te amo “ e ver o sorriso disfarçado no rosto dessa pessoa... E após ter acabado poder deixar a tua parceira se deitar no teu peito e conversarem sobre a vida... seus planos futuros, é chegar cansado em casa e ser recebido n com falsos carinhos e olhares, e sim com o lindo sorriso da sua amado ou do seu amado, é chegar em casa depois de um dia estressante e a pessoa pular no teu colo e vocês dois começarem a tirar a roupa na cozinha e parar os dois nus no quarto...
   Em resumo amor é algo que desafia até a física, por que quando duas pessoas se amam de verdade as duas vidas os dois corpos se unem ocupando o mesmo lugar no universo é ter alguém do teu lado nas horas mais cruéis e miseráveis da tua vida, é ter alguém pra te ajudar a levantar depois que você cair.
Postar um comentário

Mais visitadas

Obrigada pela visita volte sempre!

Outras Postagens