18/05/2016

O menino do coração azul


   Sabe aqueles momentos nos filmes aonde o casal se conhece, e quando acontece o primeiro beijo tudo fica diferente? Acho que tive um momento assim com você nos últimos meses.
   Ainda me lembro de todo o trabalho para criar uma muralha no meu coração, como foi sentir as dores de um amor errado e disfarça sempre com um sorriso no rosto para que minhas amigas não percebessem, e das noites em que eu implorava para que tudo acaba-se e eu pudesse ter de volta os dias sem tanta escuridão.


  É no fim de tudo, você apareceu! Não faz muito tempo, mas acho que sempre irei me lembrar.
  Lembrar dos seus lábios finos, que quando formam o sorriso mais sapeca que eu já vi, do seu abraço que me faz sentir protegido, do jeito que você me deixa depois de um beijo, do formato das nossas mãos quando se entrelaçam, até mesmo do jeito que você me toma nos seus braços quando dormimos juntos.
   Ainda me pergunto, todos os dias, como foi que tudo aconteceu?! Como você pode se interessar por aquela pessoa, no meio de tantas, e de como você me conquistou com tanta rapidez.
   O menino do coração azul, o menino que sem permissão conseguiu fazer eu sentir novamente algo por alguém, o menino que derrubou as barreiras de um coração ferido pelo amor.
Postar um comentário

Mais visitadas

Obrigada pela visita volte sempre!

Outras Postagens