23/04/2016

Resenha O Começo do Adeus - Anne Tyler


Titulo Original: The Starts of Goodbye
Titulo Traduzido: O Começo do Adeus - Aprendendo a se despedir
Autora: Anne Tyler
Traduzido por: Ana Paula Corradini
Editora: Novo Conceito
Gênero: Romance, Drama, Ficção
Páginas: 208
Sinopse: Anne Tyler nos leva a um romance sábio, assustador e profundamente tocante em que descreve um homem de meia-idade, desolado pela morte de sua esposa, que tem melhorado gradualmente pelas aparições frequentes da mulher — na casa deles, na estrada, no mercado.

Com deficiência no braço e na perna direita, Aaron passou sua infância tentando se livrar de sua irmã, que queria mandar nele. Então, quando conhece Dorothy, uma jovem tímida e recatada, ele vê uma luz no fim do túnel. Eles se casam e têm uma vida relativamente modesta e feliz. Mas quando uma árvore cai em sua casa, Dorothy morre e Aaron começa a se sentir vazio. Apenas as aparições inesperadas de Dorothy o ajudam a sobreviver e encontrar certa paz.

Aos poucos, durante seu trabalho na editora da família, ele descobre obras que presumem ser guias para iniciantes durante os caminhos da vida e que, talvez para esses iniciantes, há uma maneira de dizer adeus.

" O começo do Adeus é um romance sábio, assustador e profudamente tocante.."

   O que dizer desse livro que me fez repensar em como nos lembramos das pessoas que passaram pela nossa vida, não só as que se foram, mas as que ainda permanecem nesse plano?
   Esse título conta a história de um casal incomum com peculiaridades não encontradas nos títulos convencionais. Aaron e Doroty são o tipo de casal que não costumamos aderir nos livros que amamos (sim, é bem diferente e inusitado posso dizer)
   Aaron é diferente e quando conhece Doroty (que é ainda mais exótica que ele) criam uma relação relâmpago mas com muitos problemas com o passar do tempo. Até que uma tragédia os atinge virando o mundo de Aaron de cabeça para baixo.
   É drama, tem um sutil toque de comédia é o mais importante, nos ensina como passar por essas experiências dolorosas que a vida inevitavelmente nos dá e faz com que encontremos uma maneira ( cada um com a sua) de dizer adeus.
Postar um comentário

Mais visitadas

Obrigada pela visita volte sempre!

Outras Postagens