12/07/2014

De frente com o autor Helder Caldeira



   No último sábado, tivemos o prazer de estar presente na noite de autógrafos do livro Águas Turvas no Instituto Cervantes em Botafogo no Rio de janeiro. Onde tivemos o prazer de conseguir uma entrevista exclusiva com o autor do livro, o carismático Helder Caldeira.



Foto do dia da entrevista e sessão de autógrafos com o autor.
.

1 - Porque você teve vontade de escrever sobre esse tema?


É um universo que integra a minha vida,não nessa parte de ser médico e etc,mas nessa parte de ser gay,eu sou gay!Isso compõe minha vida.Outro aspecto é uma literatura muito mal trabalhada no Brasil,se você parar para observar,são escritores abordando sobre homoerotismo,aquela coisa que tem uma amanteigada sexual muito forte e eu particularmente como leitor,gosto daquele romance água com açúcar,eu sou aquele leitor de Crepúsculo e Harry Potter.Essa literatura de entretenimento e uma literatura que mora nos meus afetos.Só que a literatura de entretenimento virou aquela coisa de vampiro,fada,monstro,perdeu um pouco da realidade e eu queria a realidade!! E ai nasceu a historia do livro Águas turvas que já era uma história que morava no inconsciente das minhas predileções,eu já queria escrever algo sobre um brasileiro com uma cultura diferente,que vai para os Estados Unidos e o que me interessa muito.Como é que ocorre esse choque de cultura?Como é que você melhor trabalha esse choque de cultura ?Quando se faz dois pontos de espaços completamente diferentes se apaixonarem,porque eles iram ter que se convergi a um sentimento,como e que eles se comportam? e era isso que eu queria e levar a historia realmente que romances homoafetivos no geral sempre tem finais tristes e trágicos,parece uma sina de não poder dar certo e eu não queria finais tristes.


2 - Qual foi sua fonte de inspiração?

Pois então...tem algumas pessoas que tem alguma fonte de inspiração,um lugar ,alguma coisa assim..eu não!! Eu na verdade tinha uma história para contar,uma coisa que eu uso muito é o cinema,eu preciso visualizar aquilo,então comecei a buscar cenas,não de filmes,mas imagens,eu próprio construí essas imagens.Entrei no Google Street View e procurei várias imagem dos cenários,tudo que leu ou irá ler no livro existe.Foi uma pesquisa minuciosa,foi um trabalho gigantesco,mas nada melhor que você chegar no fim e falar "- Cara,que legal!!" A minha inspiração na verdade é isso,eu preciso da realidade para que eu possa dentro da realidade criar essa fantasia.


3 - Quando você teve vontade de escrever um livro

Os livros integram a minha vida de forma muito expressiva,então escreve era o passo seguinte.



4 - Você teve alguma pessoa para se inspirar nesses personagens?


Não.Muitos escritores  fazem auto-biografias,mas no meu caso não,são realmente figuras aleatórias e eu tentei ser coerente criando a imagem individual de cada um,eu fiz como em um roteiro de cinema colocando uma sinopse,cada um tem um estilo físico,um estilo de roupa pra se vestir, tenho isso tudo em minhas anotações.



5 - Alguma parte do livro foi baseado em fatos reais?
 

Não.Na verdade o que a de real no livro e o cenário,todo o cenário do livro e real,só os personagens que não.


6 - Você já tem algum projeto para um próximo livro ou uma continuação?


Não,continuação não,mas estou escrevendo um livro novo de  literatura homoafetiva.



7- A repercussão do livro está sendo da forma que você esperava?


Eu acho que opinião que mais importa para um livro é a do leitor,é ele que vai dizer se o seu livro e bom ou ruim,como sempre digo "o leitor é a alma do livro".O retorno do leitores tem sido muito significativo,me emociono constantemente.Está tendo uma resposta muito positiva da parte dos leitores.

                                                                                                                   
Postar um comentário

Mais visitadas

Obrigada pela visita volte sempre!

Outras Postagens