16/10/2017

Crítica: ZAMA - um filme de Lucrecia Martel

by on 15:31
     
 
   ZAMA é uma coprodução com o Brasil, Espanha, França, EUA e Holanda, trazendo Matheus Nachtergaele e Daniel Gimenez Cacho no elenco.

   O título do filme é também o nome do oficial da coroa espanhola que é o protagonista da estória. O filme é ambientado no fim do seculo XVIII nas terras do Paraguai. Don Diego de Zama( Daniel Gimenez Cacho) sonha em ser transferido para Buenos Aires mas depende do envio de uma carta do governador para o Rei... Os anos passam e Zama fica obedecendo as ordens dos governadores que vêm e vão. O modo como ele vive de maneira apagada e submissa. ao longo dos anos vai criando em seu intimo o sentimento de frustração e o desânimo  porque a realocação para Buenos Aires que ele tanto espera não acontece.



    A fim de dar um sentido a sua vida e ao desespero, que cada vez aumenta mais,  Zama decide se juntar a um grupo de soldados para tentar capturar um perigoso bandido.


    A primeira vista o enredo do filme parece ser interessante pois temos a premiadíssima, com Oscar, Lucrecia Martel na direção mas ao ver a lentidão como o enredo da estória se desenrola  e também os diálogos são monótonos  e cansativos.


     São 115 minutos de filme onde somente no final do filme é que você assiste a uma cena que emociona por alguns segundos.

     Eu esperava mais pelo filme, no entanto a impressão de que se trata de uma maratona faz com que a pessoa se questiona se deve ir ou não até o final da corrida.

11/10/2017

Critica: Como se tornar o pior aluno da escola - Com Danilo Gentili, Fábio Porchat e Carlos Villagran

by on 17:29



Se você foi aquele aluno que aprontava todas na escola e era chamado na sala do diretor ou da coordenação com certeza você é um pior aluno da escola. E irá se identificar com o novo filme brasileiro dirigido por Fabrício Bittar.

A história começa com Pedro, aluno de um dos melhores colégio do país que está no 9° ano e que suas notas não são as melhores. Insatisfeito como suas notas e correndo risco de repetir o ano já que sua ultima oportunidade e fazer uma prova final. Começa a se desespera, neste momento de seu ele encontra um manual que pode mudar sua vida escolar e salva-lo da reprovação. Este manual é totalmente o oposto do que se espera já que ele lhe ensina a burlar todas as regras da escola.




   Nessa buscar em como conseguir passar na prova final. Pedro segui ao lado de seu melhor amigo Bernardo e se envolve nas mais loucas confusões. Todas as enrascadas que os personagens se envolvem lhe garantiram muitas risadas, foram poucos os momentos que não se ouviu um riso na sala de cinema.

Apesar de que muitos farão criticas sobre algumas cenas em que os jovens se envolvem, acredito que a intenção é até de alertar  já que o humor também é uma forma de questionar de maneira mais suave assuntos pesados, como por exemplo a pedofilia.
Da esquerda para a direita:
 Daniel Pimentel, Bruno Munhoz e Danilo Gentili

O roteiro do filme é muito bem pensando, me proporcionou uma nostalgia maravilhosa da época de escola. O cenário e figurino foi bem realístico e bem feito.
Sinceramente em nenhum momento senti vontade de que fosse diferente qualquer cena, já que tudo tinha um motivo e uma explicação para acontecer.

 A atuação de Danilo Gentili me surpreendeu muitíssimo pois em nenhum momento foi forçada ou robótica como acontece com alguns humorista famosos quando entram no mundo cinematográfico. Ele cumpriu com maestria seu personagem na história com piadas inteligentes e sua atuação foi tão real ao produzir a antipatia e narcisismo do personagem que ao conhecer ele na coletiva de impresa muitos se surpreenderam com a simplicidade e sua receptividade com todos que estavam na cabine do filme.

Livro que inspirou o filme.
Os grandes destaques da trama foi a participação de Fábio Porchat quer era para ser uma cena muito tensa mais foi atuada de forma suave e humorística que não me chocou e não ouvir qualquer criticas sobre as cenas em que participou. O que passava nas cenas era mais um alerta as famílias do que uma referência negativa na trama.







Além de Porchat temos a participação de Carlos Villagran um dos ícones da infância da galera dos anos 90 e até os dias de hoje, com seu personagem Kiko na série do Chaves. Sinceramente não o reconheci vendo o filme só depois de muito tempo vi algumas familiaridades na fisionomia. Como meu foco foi entender a trama e a participação de cada personagem, não percebi a veia humorística no personagem a primeira vista. Com certeza seu personagem foi apresentado com excelência. A dramatização do ator trouxe um destaque maior ao personagem mesmo com a postura seria que exigiu o papel.
Não podemos esquecer da participação do humorista da velha guarda que é o Moacy Franco que mesmo sendo um personagem secundário nas breves participações foi bastante divertidas.

Corram aos cinemas nesse feriado dos Dias das Crianças assistam a estreia e encontre a criança travessa que há dentro de vocês.
Trailler oficial: aqui

Agradecemos a oportunidade a Aliança de Blogueiros do Rio de Janeiro por proporcionar a participação do site na cabine de imprensa. 

09/10/2017

A fantástica fábrica de livros

by on 15:12
 

 
   Não sei vocês queridos leitores mais desde pequena viajava na Fantástica Fábrica de Chocolate de Willy Wonka, cheguei a ver tantas vezes que acho que sabia todas as musiquinhas na infância. Imaginava em como deveria ser maravilhoso vivenciar todas as invenções do dono desta fábrica dos sonhos... Anos se passaram estou eu aqui para falar que finalmente fui numa fabrica onde os sonhos acontecem ou os sonhos que a mulher de hoje gosta de sonhar atualmente nas horas vagas...
 
 
   Eu sei que muitos vão pensar você foi numa fábrica de chocolate? Claro que já fui sim e posso dizer não foi tão espetacular sim... Chocolate de mais enjoa, mas não contem  para as crianças que ainda sonham com isso.


   Voltando ao assunto pertinente, na sexta feira dia 6 de outubro um dia agitado para uma pessoa que tinha prova de Matemática financeira e que iria sair correndo no caos do rio de janeiro as 18 horas para fazer prova. Visitei através da Aliança de Blogueiros que o site faz parte na sede do Grupo Editorial Record para conhecer os processos de fabricação dos livros que nos inspiram, que nos fazem sonhar e vivenciar as maravilhosas aventuras que nossos autores preferidos escrevem.

  Na editora fomos recepcionados pela Rafaela  e Ana Rosa do Marketing da empresa, que foram super simpáticas e animadas em nos guiarmos nas etapas de fabricação dos livros da editora.
 
 Além de conhecer a fabrica ainda foi organizado pela empresa um Coffee Break, após conhecermos todas os setores que fazem ela ser o sucesso esses 75 anos de estrada no mercado literário. Posso adiantar que estava tudo muito saboroso, infelizmente esqueci de tirar uma foto da mesa.
   







Tirei foto de todo processo de fabricação dos livros e separei  algumas curiosidades sobre a produção.para compartilha com vocês.

Capas impressas aguardando corte e miolos de livros impressos.

Primeiramente são impressas todas as capas como vocês podem ver na foto ao lado com uma margem de segurança para depois se devidamente recortada.
Após as essa etapa são cortadas e separadas cada capa de livro para receber o miolo.








Após essa primeira etapa são reservadas e encaminhada para etapa de dobra do livro como mostra na imagem a seguir.

Etapa de dobra das capas já impressas e cortadas.

O rolo que papel que será impresso as páginas dos livros.

Simultaneamente o livro já começa a ser impresso continuamente, já que são inseridas duas bobinas na alimentadora de papel e quando  uma acaba a outra já é utilizada . Umas informações que achei muito interessante foi a dimensão dos rolos. Cada rolo desses tem 7 km de comprimento e 1140 mm de largura.





A cabine de impressão vocês podem ver abaixo no lado esquerdo, no lado direito já podemos ver as folhas impressas em um dos lados do papel.


Cabine de Impressão


Folhas já impressa em um dos lados
.











Etapa de corte das folhas impressas frente e verso.
 Após o corte as folhas são agrupadas e unidas e ganham o aspecto de miolo e direcionadas a esteira que leva a colagem das capas

Miolos dos livros impressos e agrupados pronto para etapa de colagem.
Capas dobradas para processo de colagem

   As capas já dobradas são direcionada em outra esteira que se encontram os miolos para a fixação, a maquina de colagem cola em média 20 livros por vez mais como o processo é rotativo quando uma e colada outra logo em seguida substituída e colada. A colagem é feita a quente e as lombadas do miolo precisam ser desgastadas para melhor aderência da cola em ambas as partes.


Processo de fixação das capas nos miolos dos livros.




   Para a fixação da cola é preciso uma secagem e esfriamento da cola, para isso o livro já sai da colagem fechado para fixar a forma, já que a tendencia do papel é volta a sua forma original. Por esse processo ser continuo há uma longa esteira semi coberta que impede que o livro abra. Essa cura leva justamente o tempo de chegada a próxima etapa que é de acabamento.



  Logo depois da colagem já conseguimos ver o livro no aspecto que conhecemos, mais ainda falta a retirada das rebarbas da capa e do miolo que é através de alguns cortes nas extremidades do livro.
 
  A esteira já direciona o livro para o empilhador que agrupa os livros já na quantidade para inseri-los nas caixas


Livros devidamente finalizados em processo de empilhamento e conferência.

Conferência e encaixamento de livros.





Antes de serem embalados há uma conferencia para ver se amassou ou o corte foi feito corretamente se forem aprovados já são embalados.










Estoques de livros identificados.
   E levados ao estoque aonde os livros são identificados com suas capas cada caixa para facilitar a identificação do operador de transporte de carga

   A etapa final é enviar para livrarias de todo pais os livros que amamos e vivemos as maravilhosas aventuras através de cada linha impressa.

Livros prontos para envio para todo Brasil.

Notas finais: É visível que todos envolvidos desde todo o processo de designer, escolha de publicações e outros setores administrativo, amam os livros e respiram o mundo literário, pois em todo departamento interno podemos ver as mesas decoradas com os livros que cada um dos profissionais amam. Além das coleções pessoais de cada um deles em suas estações de trabalho. Acredito que é isso que faz com que a empresa tenha essa solidez de 75 anos de sucesso no mercado das publicações com lançamentos frequentes e várias publicações em Tops List de mais vendidos ao longo dos anos.

Estações de trabalho dos departamentos internos da editora.

Agradecemos a Editora Record pela recepção e Maisa Evely administradora do Site Reino Literário Br e lider da Aliança de Blogueiros do Rio de Janeiro por nos proporcionar essa oportunidade.


02/10/2017

Niall Horan faz show impressionante e confirma próximos shows no Brasil

by on 15:43

Na noite da último domingo (01/10) o cantor Niall Horan fez sua única apresentação no Brasil, com a turmê Flicker Sessions na casa de shows Vivo Rio, localizado no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro. O cantor que já esteve em terras cariocas com a One Direction, na turnê Where We Are em Maio de 2014, trouxe sua nova turnê ritmistas com carisma e garra.

O show que teve inicio ás 21hrs mostrou toda esse nova fase de Niall e o que podemos esperar do seu CD que será lançamento agora no dia 20 de Outubro.

Novamente foi mágico a forma de ver milhares de fã cantando junto as suas músicas em voz alta. O carisma do cantor em palco também e de se encantar, em vários momentos houve interação com a plateia, tendo cover de Fool's Gold e uma palinha no violão de What makes you beautiful, um dos grandes sucessos da One Direction.

No meio de toda daquela euforia, o cantor confirmou sua volta a terras brasileiras em 2018, nos dias 8 de Julho, no Rio Janeiro e 10 de Julho em São Paulo. Os ingressos começam a vender amanhã.


22/09/2017

Não Perca a Trinity Trio na Rock District!

by on 13:13


Se você vai passar nos próximos dias pelas ruas do Rock in Rio, você não pode perder a sensação da Rock District, o Trinity Trio. Com arranjos originais para violinos elétricos, Daiana Mazza, Ana Catto Marina Andrade interpretam clássicos do rock mundial de artistas como Queen, Nirvana, AC/DC, Led Zeppelin, Van Halen, Rolling Stones e Beatles.

Com três performances por dia (16h, 18:40h e 19:50h), no meio do público e no palco da cidade cenográfica, o Tritony Trio promete muito rock para a segunda semana do festival. 


Formado pelas violinistas Daiana MazzaAna Catto Marina Andrade, o Trítony Trio está confirmado para se apresentar todos os dias do Rock in Rio 2017, pelas ruas do novo espaço do evento, o Rock District, com repertório que fará tributo aos grandes clássicos do rock mundial. As violinistas do Trítony Trio também se apresentam no palco montado no Bourlevard da pequena cidade, acompanhado da banda do festival, a Rock Street Band.

O trio, que possui sólida formação na música erudita, promete arranjos criativos e inovadores para seus violinos elétricos. “Vamos interpretar algumas bandas que amamos, como Queen, Nirvana, AC/DC, Led Zeppelin, Van Halen, Rolling Stones e Beatles”, ressalta Daiana Mazza que, em parceria com Nani Palmeira, compôs quatro canções para a personagem de Marisa Orth na trilha da novela “Tempo de amar”, nova produção da Rede Globo para a faixa das 18 horas. Daiana também acaba de lançar com Ana e Mariana o novo videoclipe do Trítony Trio, nada menos que Bohemian Raphsody, do Queen, com performance nos violinos elétricos.

E aguardem pois terá entrevistas com as meninas aqui no site na próxima semana.

            

28/08/2017

17° Fibel - Feira Iguaçuana de Beleza

by on 10:07


Sempre amei a feira porque ficava por dentro das novidades, e os preços são maravilhosos! Mas pela primeira vez fui como blogueira. 

Esse ano eles criaram o Espaço Blogueiras, que foi um espaço em que cada empresa de cosmético apresentava seus produtos para as blogueiras, sorteava produtos para as participantes e algumas amostras de seus produtos eram dadas pela participação na palestra. Achei maravilhosa a iniciativa, porque muitas dessas empresas trouxeram blogueiras parceiras para contarem suas experiências com os produtos e dicas de como usar. O espaço contava com profissionais super educados e atenciosos que estavam preocupados em nos receber da melhor maneira possível.

A feira foi extremamente organizada. Tinha eventos simultâneos em vários stands, o que fez ser uma maratona conseguir ver tudo ao mesmo tempo.

Me diverti tanto com a animação da galera do evento, conheci as blogueiras que sigo a anos e ainda peguei dicas de como cuidar do meu crespinho melhor. Conheci outras blogueiras iniciantes e fiz ótimas amizades no meio da blogosfera de beleza.
Depois da interação com as meninas fomos explorar a feira e conhecr os stands, aproveitar o evento. Vou contar um pouquinho do 5 stands que mais gostamos de visitar.



 A maravilhosa Kert Profissional, que já sou apaixonada pela coloração há algum tempo, pois minha mãe é uma ruiva poderosa graças ao tonalizante Keraton Hard Colors e a coloração Keraton Hard Fix. No stand conhecemos a fofa e divertida cabelereira Norma Brisson e toda a equipe que sanou todas as nossas dúvidas sobre cabelos. Ganhamos, para testar, o creme multifuncional da linha, uma transformação no visual do João e alguns outros produtos que mostrarei em breve o passo a passo aqui no site.








O segundo stand foi o da Hair Fly, onde tive um bate papo maravilhoso com o cosmetologista sobre os produtos da linha Queridos Cachos e alguns óleos que ganhamos para experimentar e já estou testando para contar a vocês.


A terceira visitinha foi na Kiria Hair Professional. Participamos de um quiz sobre a linha, ganhamos vários brindes e ainda fomos sorteados com a linha de Oléo de Coco e a Linha Brilho de Verniz completa. Sem esquecer o mico que tivemos pagar: dançar Paradinha. E o refrão substituímos a paradinha por Kiria. Foi uma loucura!

No stand da Ykas Hair Technology conhecemos vários produtos maravilhosos para cabelo e ainda conversamos com o químico da empresa que foi um amorzinho em explicar algumas dúvidas. As revendedoras extremamente qualificadas preparam um super kit de amostras para nós com os principais produtos da linha.


O quinto e último stand foi o da Embelleze, que também conheço de longa data, já que usei vários produtos e ainda uso. Com a maravilhosa apresentadora Dani que, além de alegre e muito competente, apresentou todas as novidades da Embelleze e da Sou Dessas de maneira divertida.

Espero que a equipe da Fibel continue com essa iniciativa e tragas mais novidades maravilhosas como essa feira no ano que vem. E já aviso que minha presença está mais que confirmada em 2018.

OBS:Já estou juntando as moedinhas para sair como uma louca comprando um pouco de tudo.

Por isso decidimos agora fazer resenhas e compartilhar dicas de produtinhos de cabelos com vocês.

Além de vocês acompanharem as loucuras e testes que faremos nos nossos cabelos. Teremos matérias para todos os tipos de cabelo, não importam se você é lisa, cacheada, crespa ou um cara descolado que deseja cuidar das madeixas e barba, vão encontrar aqui dicas de produtos de todos os tipos.

Vem muitas novidades por ai e espero que vocês amem tanto quanto nós a parte de Beleza do site.




22/08/2017

Resenha: Placas Tectônicas - Margaux Motin

by on 19:55
Posso dizer que nunca fui muito fã de Graphic Novels, Hq's ou até quadrinhos. Os únicos que li em toda a minha vida foram os da Turma da Mônica, mas com o passar do tempo acabei deixando esse estilo de leitura para o lado, dando lugar apenas aos livros com palavras sem figuras.

Com o passar do tempo, e o maior entrosamento no catálogo editorial, pude voltar a ler aqueles livros com figuras que eu tinha o hobbie de ler na infância, porém um pouco diferente.

Em Placas Tectônicas, livro da autora e desenhista francesa Margaux Motin, conhecemos um pouco da sua história em uma jornada de 35 anos. Margaux mostra como foi criar uma filha sozinha, após o seu divórcio, o seu relacionamento com a mãe e as amigas e como foi depois de tempos decidir finalmente voltar a namorar.

Dos pontos mais legais, na história de Margaux e a sutileza no qual ela aborda vários tempos que ocorrem na sua vida. Você pode não ter 35 anos como Margaux, mas pode ter certeza que em algum momento da sua louca história você irá se identificar com algum momento e acabar dando risadas relembrando.  

Placas Tectônias é uma história que te deixa com os pés no chão, mostrando a realidade de uma vida sem todo o encanto dos contos de fadas. Que errar na vida em alguns momentos e algo comum, mas que você tem que tentar não errar mais, além de passar por qualquer coisa com um sorriso.

Mais visitadas

Obrigada pela visita volte sempre!

Outras Postagens